Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Fortes chuvas em Assaré arrombam açudes, desabrigam famílias e ocasionam alagamentos nas ruas.

Chuva de 180 milímetros no município de Assaré causa muitos prejuízos, na região do Cariri Oeste

Chovia desde as primeiras horas desta manhã no município de Assaré, embora tenha trazido alegria, deixou prejuízos a população principalmente para os moradores que residem na periferia da cidade. Nos bairros populares, os moradores foram surpreendidos com a força das águas, que inundaram as suas residências, onde as mesmas tiveram que sair de suas casas pelo fato do local estar oferecendo riscos. A defesa civil do município, acionou a policia militar para poder ajudar as famílias a saírem de suas casas, e estão sendo acomodadas nas residências de outras pessoas em outros bairros que ficam na parte alta da cidade.

Conforme, o prefeito Evanderto Almeida, a situação é muito preocupante porque há várias famílias que estão desabrigadas e tiveram vários prejuízos devido a água ter entrado em várias residências, onde eles perderam moveis e eletrodomésticos, roupas além de outros utensílios, ainda não temos um levantamento oficial de quantas famílias estão desabrigadas, mesmo porque está sendo sendo feito pela defesa civil do município, com a auxilio da policia militar e do corpo de bombeiros um levantamento para que possamos saber quantas famílias estão desabrigadas.


(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Conforme o radialista Evilardo Palácio, as áreas mais atingidas foram os bairros que ficam na periferia da cidade, dentre eles os bairros Zé Dodo, Pedra de fogo, Casas populares, Corujá e uma parte do centro da cidade. Ele, disse ainda, que estava havendo um verdadeiro mutirão por parte das pessoas em Assaré, que estão sendo solidárias e abrigando essas famílias em suas casas visto que o desespero deles era muito grande.

Evilardo Palácio, afirmou que toda essa angustia começou logo cedo quando as famílias começaram a ver a água entrando em suas casas, as ruas centrais ficaram completamente alagadas, era um desespero só, muita aflição, as pessoas chorando pedindo socorro com medo de morrer, eu nunca vi momentos de tanta tensão relata o radialista, afirmando ainda estar com medo porque novas chuvas poderão cair a qualquer momento.


(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Ele, disse ainda que os açudes das populares e o açude do seu Luis Freire, arrombaram e toda essa água caiu em um canal que corta a cidade, e isso foi o fator de motivação para que esses bairros ficassem alagados ocasionando essas inundações, além de uma casa de tijolo em pleno centro da cidade, ter desabado não ocasionando ferimentos em ninguém, a casa pertencia a prefeitura municipal e servia para abrigar os feirantes, concluiu ele.