Carregando...

Publicidade

Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo. (Foto: André Costa)

Caminhada vai marcar luta contra a suspensão de atendimento pelo SUS nos hospitais de Barbalha.

31/03/2017

A direção e servidores do Hospital do Coração e da Maternidade São Vicente de Paulo, ambos localizados em Barbalha, irão realizar nesta sexta-feira (31), uma caminhada pelas principais ruas e avenidas da cidade para esclarecer a população do Cariri sobre a atual situação da ausência de resposta do Ministério da Saúde em relação aos débitos do SUS correspondente à produção excedente de alta complexidade das unidades hospitalares.

Os dois hospitais ameaçam suspender o atendimento ambulatorial e emergencial pelo SUS, já que as despesas cobertas pelo sistema não cobrem sequer o serviço oferecido.

Recentemente uma comitiva formada pelo prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio (PSDB) e representantes dos hospitais estiveram em Brasília e se reuniram com o Senador Eunício Oliveira, que afirmou está à disposição para buscar junto ao ministério da Saúde uma saída para o impasse, mas até agora nada foi feito.

A caminhada está agendada para as 8 horas desta sexta (31) com concentração em frente ao Hospital do Coração.