Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução)

Governo do Ceará realiza aula inaugural para 1.400 novos soldados da Polícia Militar.

Fonte: SSPDS
04/04/2017

Na manhã desta segunda-feira (3), os 1.400 aprovados da 1ª turma do Concurso Público para carreira de praças da Polícia Militar participaram da Aula Inaugural do Curso de Formação Profissional, no Centro de Eventos do Ceará. O encontro contou com a participação do governador Camilo Santana, acompanhado da vice-governadora Izolda Cela, do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, e da cúpula da Segurança Pública do Estado.

Realizado em 2016, o concurso para novos praças da PM foi destinado a 4.200 vagas. Serão chamadas pelo Governo do Ceará, até o fim de 2018, três turmas de 1.400 soldados. Durante o evento da 1ª turma, Camilo Santana garantiu que chamará o segundo grupo de aprovados ainda em 2017. O chefe do Executivo ressaltou que os novos profissionais terão papel indispensável nas ações de Segurança Pública em curso no Estado, como a implantação de novas unidades do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) no Interior e Região Metropolitana de Fortaleza, e melhor distribuição de policiais nas ruas.

“Nós vamos reforçar Fortaleza, Região Metropolitana e todo o interior do Ceará. Isso representa um aumento de quase 26% do efetivo atual, o que será um reforço importante e nos dará a possibilidade de ampliar o Batalhão do Raio no Estado”, disse o governador. Camilo Santana destacou, ainda, que na próxima segunda-feira (10) o Governo do Ceará vai empossar o último grupo do Concurso Público para Polícia Civil.

Coordenadora executiva do Pacto por um Ceará Pacífico, a vice-governadora Izolda Cela foi responsável por ministrar a aula inaugural. Ela apresentou detalhes do projeto de ação intersetorial na Segurança Pública. Izolda afirmou se sentir honrada com a oportunidade de trocar conhecimentos com profissionais que agora ingressam na carreira de policial militar. “Procuramos compartilhar com eles a agenda que nos move com relação ao Pacto por um Ceará Pacífico. Eu faço o acompanhamento disso e acho muito relevante passar para esse grupo um pouco da perspectiva do serviço público. Também busquei testemunhar, enquanto servidora, a responsabilidade que cada um terá diante da sociedade, para sempre colaborar pelo bem de todos”, explicou a vice-governadora.

Em discurso de boas-vindas aos futuros praças, o secretário André Costa falou do orgulho que cada um irá sentir por exercer o trabalho de profissional de segurança. O titular da SSPDS enfatizou aos alunos do curso que a missão do policial militar passa fundamentalmente por ter o interesse em fazer o bem e cuidar das pessoas através do seu serviço diário. “O bom policial precisa estar sempre do lado da população, estar sempre em contato com as pessoas, abraçar, cumprimentar cada um. Porque a população são os nossos olhos, são os nossos ouvidos, e precisamos muito da participação ativa de todos os cidadãos”, definiu. André Costa também falou sobre a necessidade dos soldados terem coragem diante das adversidades e nunca recuarem diante do compromisso de combater a violência no Ceará.


(Foto: Reprodução)

Superação e orgulho

Helena da Silva, 55, não conteve as lágrimas ao ver o filho João Batista da Silva, 28, se misturar entre a multidão de aprovados que se organizava, toda uniformizada, para os primeiros passos na Polícia Militar. “Hoje o meu filho está realizando um sonho, depois de uma história muito sofrida. Meu filho venceu e a minha emoção hoje não tem nem como dizer”, contou.

Viúva de policial há mais de duas décadas, a mãe viu o “seu menino” crescer determinado a seguir a carreira do pai. “Mesmo sem condições, passando por necessidades lá na Vila Manuel Sátiro, o meu filho lutou, ia andando todo dia pro Centro assistir aula. Graças a Deus, ele passou no concurso e agora pode olhar para a foto que ele guarda do pai, desde pequenininho, e dedicar essa felicidade. Assim que eu cheguei, eu fui atrás de agradecer o “seu Camilo Santana” porque ele que abriu essa oportunidade e está interessado em trazer mais segurança pro Ceará. Meu filho aproveitou essa chance que o Governo deu”.

O sorriso de Vera Lúcia Rocha, 52, era felicidade em dobro. No Centro de Eventos, a professora acompanhou os dois filhos aprovados no concurso da PM, Lucas Rocha, 22, e Mateus Rocha, 25. O primeiro foi chamado na 1ª turma e acompanhou a aula inaugural, enquanto o segundo está no anseio de ser convocado ainda em 2017. Para ela, ter a dupla conquista é motivo de orgulho e também de satisfação ao ver que a criação em casa gerou bons frutos. “É uma emoção muito grande, para uma mãe, ver seus filhos encaminhados dentro de uma função muito boa. Eu sempre ensinei a eles em casa a fazerem e buscarem o bem. Agora eu sei que cada um vai fazer isso através da carreira de policial, cuidando das pessoas e colaborando dia a dia na diminuição da violência”, emocionou-se.


(Foto: Reprodução)

Reconhecimento pelo estudo

No ano passado, a profissional de Recursos Humanos Manuelle Alves dos Santos, 24, resolveu topar o desafio de se inscrever no Concurso Público para carreira de praças da Polícia Militar. Estudou de 10 a 13 horas por dia durante o período de dois meses e meio, do lançamento do Edital até a realização da prova. Mãe há pouco tempo, teve de conciliar os cuidados com o bebê e as madrugadas adentro sobre os livros. “É um momento de muita felicidade e realização estar aqui. Todos se prepararam muito. A minha dedicação foi intensa e busquei me preparar da melhor forma. Agora a ansiedade é em começar o trabalho e servir à sociedade através do trabalho de soldado da Polícia Militar”, disse.

Antes da aula, Francisco Gaspar, 23, recebeu o abraço apertado da irmã e do cunhado, que representaram o apoio da família nos últimos dois anos que ele passou estudando para concursos na área de Segurança Pública. Em 2016, veio a recompensa. Agora como novo praça da PM, Gaspar conta os dias para iniciar os trabalhos nas ruas. “A gente se preparou demais para isso. É muito gratificante estar diante de tantas autoridades, do governador Camilo Santana, do secretário André Costa, da Polícia Militar, para realizar um sonho. Conquistei essa vaga e agora vou fazer de tudo para cumprir da melhor maneira o meu serviço diariamente”, declarou.

O Curso

O curso será realizado pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE). As aulas serão ministradas na sede da AESP e em outras 11 unidades da Polícia Militar, distribuídas em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte. A formação possui carga horária de 1.020 horas/aula, formatadas com base na matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (Senasp/MJ), e inclui aulas teóricas e práticas de diversas áreas como: sociedade, ética e cidadania; tiro policial defensivo; direitos humanos; polícia comunitária; gestão de conflitos e eventos críticos; defesa pessoal; técnica policial militar; atendimento em emergências médicas e direção veicular aplicada a atividade policial militar, entre outros conhecimentos que preparam o novo soldado para o policiamento ostensivo e preventivo das ruas.