Carregando...

Publicidade

Os 2,6 mil veículos vendidos não fizeram com que outros comparativos tivessem a perspectiva negativa do mercado cearense revertida. (Foto: Natinho Rodrigues)

Venda de veículos novos salta 18,96% no Ceará.

No País, o balanço da Fenabrave aponta uma alta de 39,4% entre o segundo e o terceiro mês deste ano.

04/04/2017

Fortaleza/São Paulo. A venda de veículos novos no Ceará subiu 18,96% em março deste ano ante fevereiro de 2017, segundo informou a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Ao todo, foram 2.647 unidades saídas da fábrica comercializadas pelas concessionárias cearenses em março. O número, no entanto, não fez com que outros comparativos tivessem a perspectiva negativa do mercado cearense revertida. Quando colocado de frente ao número de veículos vendidos em março de 2016, o resultado representa uma queda de 6,76%.

Já quando a base são as unidades vendidas no ano - até agora foram 7.055 só no Ceará -, a retração chega a 3,81%.

Fim de 26 meses de queda

Já a comercialização de unidades novas no País registrou uma alta de 5,5% em março deste ano ante março do ano passado, para 189.143 unidades, segundo informou ontem a Fenabrave, associação que representa as concessionárias. O resultado interrompe uma sequência de 26 meses em que as vendas só caíram na comparação interanual (a variação entre um mês e igual mês do ano anterior).

Em relação a fevereiro de 2017, houve alta de 39,4%, avanço impulsionado pelo maior número de dias úteis em março - cinco a mais. No primeiro trimestre, no entanto, o mercado ainda enfrenta queda, de 1,9%, para 472.004 unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Segmentos

Nos segmentos de automóveis e comerciais leves, juntos, os emplacamentos somaram 183.850 unidades no terceiro mês do ano, expansão de 6,1% ante março de 2016.

Sobre as vendas de fevereiro, o crescimento é de 38,8%. E no acumulado do primeiro trimestre, ainda contaminado pelas baixas de janeiro e fevereiro, o mercado tem retração de 1,1%, para 459.806 unidades

Entre os caminhões, a venda atingiu 4.124 unidades em março, tombo de 14,4% em relação ao março de 2016, mas alta de 57,9% ante fevereiro.

No acumulado do ano, a queda é de 25,5%. No caso dos ônibus, foram 1.169 unidades vendidas em março, baixa de 2,5% em comparação com igual mês de 2016, mas avanço de 80,6% em relação a fevereiro. O recuo de janeiro a março é de 24,5%.

A expectativa da Fenabrave para o ano inteiro, considerando todos os segmentos comercializados no mercado nacional, é de expansão de 2,42% em relação a 2016. No ano passado, as vendas do setor alcançaram 2,05 milhões de unidades.