Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução)

Vasco se classifica para a final da Taça Rio após empate sem gols com o Fla no Maracanã

Depois de primeiro tempo ruim de ambas as equipes, time de Zé Ricardo domina etapa final, mas não faz gol. Com vantagem do empate, Vasco controla rival

08/04/2017

Futebol pobre

O Vasco está na final da Taça Rio. O clube de São Januário entrou em campo neste sábado com a vantagem do empate e se beneficiou do 0 a 0 no Maracanã. O primeiro tempo foi muito ruim, com muitas faltas e erros de passe, e raras oportunidades de gol para ambas as equipes. Mas a partida ganhou em movimentação e emoção na etapa final, com o Flamengo, em desvantagem, buscando mais o ataque. O time de Milton Mendes agora aguarda o desfecho da outra semifinal, entre Botafogo e Fluminense, para saber seu rival na decisão da Taça Rio que, se pouco significa para a fase final do Campeonato Carioca, vale R$ 1 milhão em premiação.

Panorama

Pelo regulamento do Campeonato Carioca, como Flamengo e Vasco ficaram entre os quatro primeiros na classificação geral, ambos têm vaga garantida na semifinal do torneio (o Flamengo pegará o Botafogo, enquanto o Vasco enfrentará o Fluminense). A partida deste sábado, semifinal da Taça Rio, valeu somente pela disputa do turno. O Vasco decide a Taça Rio no próximo fim de semana contra o vencedor do clássico entre Botafogo e Fluminense, que acontece neste domingo, no Engenhão.

Público e renda

21.895 pagantes
24.616 presentes
R$ 932.070,00



1º Tempo

Logo aos dois minutos de jogo, a primeira polêmica. Após disputa de bola, Rafael Marques deu uma cabeçada em Guerrero, que foi ao chão. O jogador do Vasco então levou a mão à cabeça e o árbitro nada marcou. A partida, apesar de movimentada, era bastante truncada, sem claro domínio de nenhum dos lados. O Vasco teve uma boa chance na tabela entre Andrezinho e Muriqui, que bateu para fora, aos 15.

O time de Milton Mendes dificultava bastante a saída de bola do Flamengo, marcando por pressão na intermediária do rival em boa parte do tempo. Aos 25, a equipe da Gávea teve chance de falta, mas Mancuello facilitou a vida de Martin Silva. O argentino tentou de novo em chute de longe aos 37. Já nos acréscimos, Arão ficou livre de frente para Martin Silva, mas finalizou desequilibrado.


2º Tempo

Em desvantagem, já que o empate classificaria o Vasco, o Flamengo foi ao ataque na etapa final, com chance para Gabriel antes dos dois minutos: ele bateu bem para defesa de Martin Silva, em dois tempos. Mancuello fechava para aproveitar o rebote, que não aconteceu. Aos oito, Diego foi derrubado por Rodrigo quase na linha da área. Aos 13, outra chance, com Guerrero, que bateu de longe mas parou no goleiro vascaíno.

O clube da Gávea continuou com maior posse de bola, com o Vasco cada vez mais retraído aguardando chances de contra-ataque. Rodinei, Diego e Gabriel tentaram, mas o Flamengo tinha dificuldades de vencer a defesa cruz-maltina. No fim, Guerrero ainda tentou, sem sucesso. E o 0 a 0 prevaleceu.