Carregando...

Publicidade

Soldado Menandro Nunes, 33 anos, ingressou na PMCE em junho de 2014 e era lotado no BPRaio de Russas. (Foto: Reprodução)

Em Russas: PM e mais três pessoas morrem em tiroteio.

Dois suspeitos de atacar o soldado e um jovem que estava na festa são as outras vítimas; três ficaram feridos.

17/04/2017

Um policial militar, dois suspeitos e mais uma pessoa morreram em um tiroteio ocorrido durante uma festa, na madrugada de ontem, no distrito de Capim Grosso, em Russas, a cerca de 165km de distância de Fortaleza. A Delegacia Regional de Russas, da Polícia Civil, realizou oitivas e diligências com o objetivo de capturar três suspeitos que teriam fugido com destino ao município de Morada Nova, após a ação criminosa, mas ninguém foi preso até o fechamento desta matéria. A investigação será transferida à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com nota emitida pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), cinco homens se aproximaram da mesa onde estavam dois policiais militares, de folga, e começaram a disparar tiros de armas de fogo. Os PMs reagiram e houve intensa troca de tiros.

O soldado do Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) Menandro Cavalcante Nunes, de 33 anos de idade, foi atingido no peito e morreu no local. Outro policial, lotado na mesma companhia e que não teve o nome divulgado, foi atingido por um tiro de raspão na cabeça, socorrido e levado ao Hospital Municipal. Na unidade de saúde, ele foi atendido e liberado em seguida.

Dois suspeitos de cometer o ataque aos PMs também morreram no local, durante a troca de tiros, e um terceiro membro do bando ficou ferido, sendo socorrido pelos comparsas e fugindo em um veículo Fiat Siena, de cor escura, segundo nota emitida pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

A quarta vítima é um rapaz que estava na festa e teria sido alvejado por uma 'bala perdida' em meio a troca de tiros. Segundo o serviço social do Hospital de Russas, o jovem - identidade não revelada - chegou a dar entrada na emergência da unidade de saúde, em estado grave, e precisou ser transferido ao Instituto Dr. José Frota (IJF), na Capital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Outra pessoa também ficou ferida por 'bala perdida' e foi socorrida no Hospital.

Homenagens

O soldado Menandro Nunes ingressou na Polícia Militar do Ceará no dia 10 de junho de 2014 e era lotado no 2º Pelotão da 3ª Companhia do BPRaio, com sede no Município de Russas. O corpo do policial militar será velado e sepultado na sua cidade natal, Limoeiro do Norte. Ele era casado e tinha duas filhas.

Instituições de segurança agradeceram o trabalho de Menandro, através de notas. "Aos familiares, daremos apoio incondicional, rogando que cada ente querido encontre conforto no orgulho de ter participado da vida deste militar. Manifestamos nossos sentimentos aos amigos e policiais militares pela perda de mais um cidadão de bem e honrado. A Polícia Militar do Ceará não descansará enquanto os autores fugitivos desse ato covarde não forem capturados", pontuou a PMCE.

"A SSPDS lamenta a perda de um integrante das forças de segurança e se solidariza com os familiares e amigos. E reconhece os relevantes serviços prestados à sociedade cearense pelo soldado Menandro Cavalcante Nunes", manifestou-se a Pasta.

Amigos e a comunidade em geral deixaram mensagens a Menandro na página da PMCE no Facebook. "Mais um companheiro de farda. Descanse em paz, meu irmão. Você cumpriu sua missão aqui na Terra", afirmou um policial. "Obrigada, guerreiro, por dias e noites garantindo a nossa segurança", disse uma mulher. "Triste que mais um PM, que luta contra o crime, tenha sido mais uma vitima. É revoltante. Descanse em paz", publicou outra usuária da rede social.