Carregando...

Publicidade

O GPS foi encontrado em um carro particular, porém deveria estar em um veículo inscrito no programa federal. (Foto: Reprodução)

OPERAÇÃO CARRO-PIPA: Homem é detido suspeito de fraude.

27/04/2017

Um homem de 38 anos foi preso, na manhã de ontem, após ser flagrado utilizando de forma ilegal um equipamento da 'Operação Carro-Pipa'. A fraude foi descoberta em uma abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Km-383 da BR-116, em Icó.

Segundo os policiais, o suspeito estava trafegando em um veículo particular com um GPS, usado para monitorar o deslocamento dos carros-pipa, com o objetivo de computar uma falsa quilometragem. "O motorista e todo o material apreendido foram encaminhados à Delegacia Regional de Icó", informou a PRF.

Conforme a Polícia, o suspeito alegou que estava trafegando com o GPS porque o caminhão que ele dirige, e que é cadastrado na Operação Carro-Pipa, está atualmente em manutenção.

O flagrante aconteceu às 11h48 de ontem, quando a PRF abordou um veículo Fiat Palio, de cor prata, placas com inscrição do Ceará, durante fiscalização em frente à Unidade Operacional de Icó. Ao realizarem uma vistoria no interior do veículo, os agentes encontraram o aparelho ligado e, em funcionamento, no porta-malas do automóvel.

Também no interior do veículo, embaixo do tapete, foi encontrada uma pasta com os documentos de um veículo Mercedes-Benz, além de documentos do 23º Batalhão de Caçadores (BC) do Exército Brasileiro, referentes à operação.

Conforme a PRF, esta não é a primeira vez que a Instituição flagra fraudes contra o programa federal. No dia 17 de fevereiro deste ano, no Distrito de Santa Cruz do Banabuiú, em Pedra Branca, os policiais interceptaram dois homens, que estavam em posse de três aparelhos de GPS, que deveriam estar instalados em caminhões-pipa, integrantes da operação.