Carregando...

Publicidade

O Ministério da Educação abriu inscrições para o exame na última segunda-feira (8). (Foto: Agência Diário)

Seduc espera inscrever 148,4 mil alunos no Enem.

10/05/2017

No Ceará, a preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece dentro e fora da sala de aula. Enquanto os estudantes revisam os conteúdos e aprimoram as habilidades, núcleo gestor e professores das 645 escolas estaduais seguem unidos para que a inscrição dos alunos seja garantida. Até o dia 19 de maio, a Secretaria da Educação (Seduc) espera confirmar a inscrição dos 148.436 alunos matriculados no 3º ano e na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O Ministério da Educação (MEC) abriu o processo de inscrições para o exame na última segunda-feira (8), e desde então, toda a comunidade escolar está envolvida. Além do incentivo dado pelos educadores, ocasião em que eles destacam a importância da prova, os alunos são levados até o Laboratório Educativo de Informática, munidos de RG e CPF, documentos exigidos.

Este esforço conjunto fez com que, já no primeiro dia, a Escola de Educação Profissional Francisca Neylita Carneiro Albuquerque, em Massapê, confirmasse a inscrição dos 180 alunos matriculados no Ensino Médio. Até às 16 horas dessa terça-feira (9), o Sistema Integrado de Gestão Escolar (Singe), contabilizou a inscrição de 29.003 alunos.

Acompanhamento

De acordo com titular da Seduc, Idilvan Alencar, o monitoramento referente à quantidade de estudantes com inscrição garantida no Enem, é feito também pelo Singe. Quando uma escola tem baixo número de inscritos, a Pasta entra em contato com o diretor da instituição para avaliar as motivações. Toda essa mobilização é para superar a marca do ano passado, quando o Estado assegurou a participação de 98% dos estudantes.

"Nossa missão como gestores e educadores é garantir o sucesso de todos os nossos alunos. Não basta concluir o Ensino Médio, eles têm que ir além. Para isso, é importante que todos eles façam a prova", reforça o secretário, apontando ainda os resultados obtidos por meio do exame nos últimos dois anos. Entre os anos de 2015 e 2016, o Ceará conseguiu aprovar 23.551 alunos em instituições públicas e particulares através do Sistema de Seleção Unificado (Sisu).

Para este ano, o Enem passou por mudanças após realização de consulta pública. Diferente das edições anteriores, a prova será realizada em dois domingos. Em 5 de novembro, com questões de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, dispondo de cinco horas e meia para resolução. Já no dia 12, domingo posterior, os candidatos terão tempo de quatro horas e meia para as questões de Matemática e Ciências Humanas.

Pelo cronograma da Secretaria da Educação, serão realizadas até novembro, eventos de motivação e orientação vocacional e ações pedagógicas. No dia do exame, os estudantes devem receber auxílio no transporte, além de contar com os pontos de apoio para retirada de dúvidas. (Colaborou Felipe Mesquita)