Carregando...

Publicidade

Em Fortaleza, as manifestações tomaram a Avenida Beira-Mar, onde também foram ditas palavras de ordem contra a Reforma Trabalhista. (Foto: Kid Jr.)

Atos pedem 'Fora Temer' e 'Diretas Já' em 21 estados.

Marcadas inicialmente por grupos de esquerda e da direita, os protestos perderam a adesão de movimentos anti-Dilma.

22/05/2017

Fortaleza/São Paulo. Protestos organizados nas cinco regiões do país pediram "Fora, Temer" e "Diretas Já" em atos esvaziados que, na maior parte dos casos, reuniram poucas centenas de pessoas. Foram ao menos 23 manifestações (incluindo Fortaleza), em 21 Estados.

Convocadas inicialmente por entidades da esquerda e por grupos da direita, as demonstrações perderam a adesão de movimentos que apoiaram o impeachment da ex-presidente Dilma Roussef (PT). Além da capital cearense, os principais atos aconteceram em São Paulo (SP), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG), Uberlândia (MG, Curitiba (PR), Aracaju (SE), Belém (PA), Campo Grande (MS), Goiânia (GO), Manaus (AM), Natal (RN), Recife (PE), Salvador (BA), São Luís (MA), Maceió (AL), Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Cuiabá (MT), Porto Alegre (RS) e Palmas (TO).

Em Fortaleza, as manifestações em prol das eleições diretas tomaram a Av. Beira-Mar na tarde de ontem. Conforme a estimativa da organização do evento, cerca de 30 mil pessoas participaram da passeata na Capital.

A manifestação, que ocorreu de forma pacífica e ordenada, percorreu o trecho compreendido entre a estátua de Iracema e seguiu até o Clube do Náutico, onde a movimentação se encerrou por volta das 18h.

Na ocasião, também foram ditas palavras de ordem contra a reforma trabalhista.

Na passeata, podiam ser vistos idosos, pessoas com deficiência, famílias com crianças de colo, além de estudantes, agricultores vindos do Interior do Estado e representantes de sindicatos e partidos políticos de oposição.

Colaborou Ana Lídia Coutinho


(Foto: Reprodução)