Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução)

Flamengo erra muito e leva sustos, mas vence Atlético-GO e avança às quartas

Em noite ruim, time do técnico Zé Ricardo vê Dragão dominar ações, mas consegue se recuperar na Copa do Brasil. Gols foram marcos por Guerrero e Matheus Savio; Jorginho fez para os donos da casa

25/05/2017

O JOGO

Dias depois de vencer sem sustos o Atlético-GO pelo Brasileirão, parecia que o Flamengo não enfrentaria maiores problemas para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Só parecia. Ao apresentar um futebol ruim e com muitos erros em Goiânia, o time do técnico Zé Ricardo passou boa parte do jogo sendo dominado pelo Dragão. O dono da casa, no entanto, pecou no capricho da finalização quando teve oportunidade de vencer. Com a vitória de 2 a 1 no Serra Dourada, o Rubro-Negro carioca passou de fase. O próximo adversário será definido através de sorteio no dia 5 de junho.

VAIAS E LÁGRIMAS

Nos momentos mais críticos do jogo, Zé foi alvo de vaias vinda da arquibancada. Guerrero marcou o primeiro do Flamengo, enquanto Jorginho empatou para o Atlético-GO. O gol da vitória foi de Matheus Savio. O jovem de 20 anos vinha sendo alvo de críticas por seus erros na eliminação do time na Libertadores. Após marcar - com ajuda do desvio do zagueiro rival na área - desabou em campo e chorou.

PRIMEIRO TEMPO

A aparente tranquilidade que o Flamengo esperava poderia ter ficado ainda maior quando Guerrero abriu o placar antes dos 15 minutos de jogo. Renê cobrou lateral na área e Rodinei conseguiu tocar de cabeça para o camisa 9 dominar e marcar. O Dragão precisava de dois gols para avançar, mas não se intimidou. Pelo contrário. O que se viu no restante da primeira etapa foi o Atlético-GO tomando conta das ações, levando muito perigo. O gol de empate veio aos 27, também originado por uma cobrança de lateral. Após desvio de Everaldo, Jorginho, sem marcação alguma, desviou na saída de Muralha. Muito pressionado, o Fla saiu no lucro com o 1 a 1 nos primeiros 45 minutos.

SEGUNDO TEMPO

A tônica não mudou logo após o intervalo. O Atlético-GO se apresentou cada vez mais confiante diante de um Flamengo em noite ruim e com nervosismo evidente, principalmente por conta da eliminação precoce da Libertadores há sete dias. Cada chegada do ataque dos donos da casa, sobretudo com o atacante Júnior Viçosa, levava enorme perigo. O Dragão conseguiu espaços, criou boas oportunidades e ainda contou com erros e mais erros do adversário. A melhor chance dos visitantes antes dos 25 minutos finais parou em ótima defesa do goleiro Felipe Garcia após tentativa de Rodinei.

MATHEUS SAVIO MARCA GOL DO ALÍVIO

Zé Ricardo mexeu no time. Primeiro, colocou Mancuello no lugar de Trauco. Pouco depois, Rodinei deu lugar ao jovem Matheus Savio. O técnico foi vaiado por colocar aquele mesmo jogador que falhou na semana passada e foi alvo de críticas. Cinco minutos após entrar em campo, no entanto, o garoto levantou bola na área e contou com desvio fatal do zagueiro Marcão Silva e fez o gol da classificação do Flamengo. Na comemoração, desabou em campo e chorou. Um gol com tom de alívio em um jogo que se desenhava cada vez mais complicado para o time carioca.