Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução)

Dia de Carli: zagueiro faz dois pênaltis, um gol, e Bota fica no empate com o Coxa

Argentino comete duas faltas em Rildo na grande área - uma duvidosa -, Kléber e Henrique Almeida balançam a rede; Roger desencanta no Brasileirão

11/06/2017

O JOGO

Joel Carli dividiu o torcedor presente no Nilton Santos neste domingo. No empate em 2 a 2 entre Botafogo e Coritiba, o zagueiro argentino cometeu dois pênaltis em RIldo - um deles duvidoso -, bem aproveitados por Kléber Gladiador e Henrique Almeida, viu Roger acabar com jejum de gols no Brasileirão e marcou no segundo tempo para se redimir e garantir um ponto em casa.

PANORAMA

Com o resultado, o Botafogo chegou ao seu segundo empate na competição e oito pontos na tabela de classificação. Na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), encara o Vitória no Barradão. O Coritiba confirmou a boa fase e foi a 13 pontos - mesma pontuação do líder Corinthians. Na quinta, às 16h, recebe o Bahia no Couto Pereira.

PRIMEIRO TEMPO

O Coxa desenhou uma formação ofensiva no papel e executou a ideia em campo. A equipe de Pachequinho tomou a iniciativa e abriu o marcador aos sete minutos. Carli chegou atrasado e derrubou Rildo na área. Kléber, que já havia finalizado por cima da meta de Gatito, cobrou o pênalti para balançar a rede: 1 a 0. Dodô por pouco não ampliou, mas parou no goleiro paraguaio em chute de fora.

O Botafogo tentou equilibrar o meio-campo, mas abusou dos passes errados na transição da defesa para o ataque. A saída foi a bola aérea, eficiente aos 22 minutos. Gilson cruzou, João Paulo desviou de cabeça e viu Roger antecipar a marcação para empatar. O camisa 9 alvinegro ainda teve mais duas boas chances, mas mandou por cima de cabeça e perdeu tempo de bola na tentativa de chute de esquerda.

SEGUNDO TEMPO

O clima foi quente na etapa complementar. Muitas faltas dos dois lados, cartões amarelos e reclamação, principalmente do lado alvinegro. Aos oito minutos, Rildo invadiu a área e caiu em novo lance com Carli. O árbitro marcou o pênalti - esse duvidoso -, Henrique Almeida cobrou com categoria e provocou na comemoração com o “chororô”. O ex-jogador do Botafogo foi punido com o amarelo após o segundo gol do Coxa.

Quis o destino que o mesmo Joel Carli aparecesse novamente, dessa vez para soltar o grito do torcedor do Botafogo. Após bobeira da defesa adversária, o argentino apareceu livre na área e deixou tudo igual. O Alvinegro teve duas chances para sair de campo a vitória, mas parou em Wilson em chute de Montillo, livre de marcação, e desperdiçou chance clara com Roger.

PÚBLICO E RENDA

Público pagante: 14.866;
Público Presente: 17.537;
Renda: R$ 427.715,00.