Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução)

Em jogão de cinco gols, Santos vence o Atlético-PR e sai na frente na Libertadores

Peixe bate o Furacão de virada por 3 a 2, em Curitiba, e leva para a Vila Belmiro a vantagem de poder até perder para ir às quartas de final do torneio. Segundo jogo será dia 10 de agosto

05/07/2017

RESUMÃO

O Santos foi até Curitiba e conquistou um excelente resultado nas oitavas de final da Taça Libertadores. Em um grande jogo, sobretudo no segundo tempo, o Peixe bateu o Atlético-PR por 3 a 2 de virada, nesta quarta-feira à noite, na Vila Capanema, e ficou mais próximo de avançar às quartas do maior torneio sul-americano. Kayke (dois) e Bruno Henrique, em falha de Weverton, marcaram para os paulistas. Nikão e Éderson fizeram para os paranaenses.

E AGORA?

Agora, o Peixe poderá até perder por um gol de diferença, desde que o Furacão não faça mais do que três, para carimbar sua vaga na próxima fase. As equipes definirão quem avança à próxima fase no dia 10 de agosto, na Vila Belmiro. Quem passar desse confronto vai pegar o ganhador de Barcelona-EQU x Palmeiras.

O JOGO

Com mais volume, o Atlético-PR foi perigoso no primeiro tempo. Criou ao menos três boas oportunidades de marcar, mas só aproveitou uma, com Nikão, logo aos seis minutos. O gol no início da partida somado à pressão, aliás, davam a impressão de que os paranaenses poderiam definir os 180 minutos do confronto nos 45 iniciais. Mas o Santos mostrou eficiência e, em rara chance de balançar as redes, foi letal, com Kayke.

Já a etapa final foi equilibrada e eletrizante, com muitas chances para os dois lados. O Santos contou com enorme colaboração do goleiro rival para abrir o caminho da virada. Após chute de fora da área de Victor Ferraz, Weverton não agarrou a bola e ainda viu Bruno Henrique chegar a tempo de empurrá-la para dentro, antes que ela cruzasse a linha. O terceiro foi uma pintura. Bruno Henrique entortou Cascardo pela esquerda e cruzou rasteiro. De letra, Kayke desviou para o canto esquerdo da meta paranaense. O Furacão ainda descontou com Éderson, mas não conseguiu o empate.

NÃO, WEVERTON!

Principal jogador do Atlético-PR nos últimos anos, o goleiro Weverton viveu uma noite difícil e complicou o Furacão na Taça Libertadores. Ele falhou feio no segundo gol do Santos ao não segurar o chute de longe de Victor Ferraz. Bruno Henrique foi mais rápido e mandou a bola para as redes antes que o goleiro se recuperasse.

ATUAÇÕES

Nikão e Lucas Lima se destacam na Vila Capanema; veja as notas dos jogadores de Atlético-PR e Santos

NO BRASILEIRÃO...

Os paranaenses voltam a campo no próximo domingo, quando visitam a Chapecoense, às 11h, na Arena Condá. No mesmo dia, porém às 19h, os santistas disputam o clássico contra o São Paulo, na Vila.