Carregando...

Publicidade

Na avaliação do treinador do PSG, ainda é cedo para apontar qual tratamento será adotado no processo de recuperação do jogador. O treinador, no entanto, não descartou a chance de o jogador ser operado na França. (Foto: AFP)

Após contusão: Neymar vive impasse.

Após confirmação de lesão, técnico do PSG diz que clube ainda não definiu se Neymar será operado.

28/02/2018

O técnico do Paris Saint-Germain, Unai Emery, evitou confirmar se Neymar passará por uma cirurgia em razão de uma fissura no quinto metatarso do pé direito, uma lesão sofrida no último domingo, durante partida contra o Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês. Na sua avaliação, ainda é cedo para apontar qual tratamento será adotado no processo de recuperação do jogador. O treinador, no entanto, não descartou a chance de o jogador ser operado na França.

"Ele olhou os exames, tem uma fissura no quinto metatarso. Vamos ver conforme os dias passam, para tomar uma decisão com ele. Mas no momento temos tranquilidade e vamos ver como ele passa o dia a dia", afirmou Emery, na entrevista.

Emery preferiu adotar postura cautelosa sobre a situação de Neymar, pois a fissura no quinto metatarso do pé direito e a torção na região ântero-externa do tornozelo só foi confirmada na segunda-feira. Assim, apontou a necessidade de avaliar a evolução antes de o clube tomar uma decisão.

"O clube ontem (segunda-feira) apresentou um comunicado oficial. As coisas não são decididas assim, do nada. Existe uma conversa com os médicos, com o jogador, seu staff. E para ter a melhor decisão em um assunto como esse, precisamos ter paciência. O clube me passou a informação através dos médicos. Existem muitas informações na imprensa estrangeira, mas o que falei foi o que os médicos me passaram", acrescentou.

Neymar da Silva Santos, pai do atacante Neymar, resolveu falar sobre a contusão de seu filho. Ele afirmou que a decisão de operar ou não o jogador será tomara pelo departamento médico do clube francês e não por seu estafe.

"Estamos esperando o PSG decidir se o Neymar passará por uma cirurgia ou não. Não somos nós. Precisamos pensar no atleta Neymar, para que ele não seja prejudicado lá na frente. O PSG já sabe que perdeu o Neymar por oito semanas", afirmou.

O médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, já está em Paris para acompanhar a situação do atacante Neymar.

A comissão técnica da Seleção mantém cautela sobre a lesão do atacante e não deverá se manifestar sobre a situação clínica de Neymar - a intenção é não causar nenhum tipo de ruído com o PSG.

Convocação adiada

A contusão de Neymar foi um dos motivos que levaram a comissão técnica da Seleção a adiar em dez dias a convocação do Brasil para os jogos com a Rússia e Alemanha.



Total de acessos: 235173

Visitantes online: 5