Carregando...

Publicidade

O governador Camilo Santana se manifestou em resposta a um internauta que questionou o baixo índice de aumento dado aos servidores estaduais para o ano de 2018, justificando o peso de outros custos. (Foto: José Wagner)

Servidores do Ceará: Reajuste tem impacto de 8% nas contas estaduais.

Estimativa foi feita pelo próprio governador Camilo Santana em transmissão ao vivo nas redes sociais.

28/02/2018

A repercussão econômica do reajuste de 3% dado aos servidores civis e militares estaduais deverá chegar a 8% sobre as contas estaduais, segundo informou o governador Camilo Santana em transmissão pelas redes sociais na tarde de ontem (27). O impacto é maior devido ao grande volume de novos concursados que ingressaram no serviço público desde então, segundo justificou o chefe do Executivo estadual.

Ele respondia a um internauta que questionava o reajuste, considerando-o pequeno, quando destacou a repercussão sobre o erário estadual. "Está tudo de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, além de repor a inflação, de 2,95%. Foi um esforço muito grande, lembrando que demos ajustes diferenciados para algumas categorias, casos do Detran e dos agentes de saúde. O impacto do pagamento no Tesouro Estadual, por conta também dos concursos, é de quase 8%. Lembrando que o Ceará é o estado que mais investe na receita corrente", destacou.

O gestor ainda lembrou que algumas categorias de servidores ganharam reajustes superiores, como os policiais, agentes de saúde e professores. "Dei reajustes diferenciados a algumas categorias que estavam em uma situação muito injusta. Além disso, houve concursos para polícia militar, em que foram chamados mais de 2.800 profissionais, universidades estaduais, agente penitenciário, Detran. Tudo soma na conta", detalhou.

Na mesma transmissão, Camilo ainda afirmou que autorizou o início das matrículas da quarta turma de aprovados no concurso da Polícia Militar nessa terça-feira (27) e o início das aulas no dia 9 de abril. Até o momento, de acordo com o governo, foram 4.200 foram convocados, sendo que 2.800 já realizam o patrulhamento nas ruas. Os 1.400 da terceira turma estão em formação na Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp).

Vale refeição

O governador anunciou também um reajuste de 23,86% do valor do vale refeição dos servidores que têm direito ao benefício, que passará de R$ 11,87 a R$ 15. Camilo assinou durante a transmissão a mensagem que pede a alteração, que segue para tramitação na Assembleia. "Tivemos uma inflação de 2,95%, e estamos aumentando o vale-alimentação em 24%. Estou aqui assinando a Mensagem que será encaminhada ainda hoje para a Assembleia Legislativa para ser aprovada", destacou.

Issec

Outro benefício aos servidores autorizado pelo governador ontem foi a reorganização do Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (Issec).

"A partir de um acordo, firmamos um compromisso de que a partir de agora o servidor vai contribuir com uma pequena parcela e eu vou aumentar para R$ 130 milhões o repasse do Tesouro", assegurou. A matéria também segue para a Assembleia Legislativa.

De acordo com Camilo, "além desse aumento considerável de R$ 30 milhões pelo Estado, a contribuição daqueles que aderirem ao plano, deve representar uma melhora considerável nos serviços". "Tudo foi amplamente discutido e acertado com representantes dos servidores, que esperavam ansiosos por essas medidas. Ainda vai ter a participação do conselho do Issec para controlar o uso desses recursos", completou.



Total de acessos: 237920

Visitantes online: 6