Carregando...

Publicidade

Assim como fez com o Sport na Ilha do Retiro, o Ferroviário voltou a eliminar um grande time do futebol brasileiro, desta vez o Vila Nova, em Goiás. (Foto: Cristovão Matos)

Copa do Brasil: Aqui é Ferrão!

Em jogo duro, Ferroviário vence o Vila Nova, volta a fazer história e avança na Copa do Brasil.

16/03/2018

O Ferroviário segue sua saga heroica na Copa do Brasil e bateu o Vila Nova por 1 a 0, gol de Janeudo no 1º tempo, em pleno Serra Dourada. Com o resultado obtido na noite dessa quinta-feira (15), o Tubarão abocanhou R$ 1,8 milhão de cota de participação. Agora, o time do técnico Ademir Fonseca espera o sorteio na próxima segunda-feira (19) para saber quem enfrenta na quarta fase do certame.

Após mais um feito histórico, o Ferrão volta suas atenções para o Campeonato Cearense e terá o Floresta como adversário, no próximo domingo (18), às 16h, no Estádio Presidente Vargas. Atualmente com três partidas disputadas no hexagonal do Estadual, o Tubarão da Barra se encontra no 5º lugar tendo somado dois pontos e precisa reagir para buscar terminar nas quatro primeiras posições.

Gol salvador

A partida começou com o Vila Nova exercendo o fator campo e chegando com Ramón, mas o arremate saiu torto. Aos 8 minutos, o Ferroviário, com Liniker, e levou perigo em cobrança de falta. Foi aí que apareceu Juninho Quixadá, contratação de peso que fazia sua reestreia com a camisa coral, que fez uma belíssima jogada individual e foi parado com falta desleal por Gastón Filgueira, conhecido do torcedor do Fortaleza. Na cobrança, Janeudo, que já havia marcado na primeira partida entre as equipes, deslocou o goleiro Mateus Pasinato e abriu o placar no Serra Dourada. No lance falta, Juninho Quixadá ficou sentindo muitas dores e teve de ser substituído por Valdeci. Depois, nos minutos que se sucederam, o goleiro Léo apareceu para realizar três defesas dificílimas e garantir a equipe cearense na dianteira do placar na etapa inicial.

Fez história

No segundo tempo, o time cearense suportou a pressão do Vila Nova desde os minutos iniciais. Em que pese o domínio das ações dos mandantes, o goleiro Léo só foi exigido em cabeceio do zagueiro Diego Giaretta.

Com o passar dos minutos, a grande oportunidade do time goiano foi quando Vinícius Leite apareceu livre e finalizou à direita de Léo. Até o final da partida, o time de Hemerson Maria usou e abusou das bolas paradas, o tempo foi passando e estava a favor do Ferroviário.

Após o apito final, o torcedor coral pode comemorar mais uma grande classificação na Copa do Brasil.

Goleiro Léo

O arqueiro que se destacou pelo Guarani de Juazeiro no Cearense do ano passado e vinha na reserva de Bruno Colaço, apareceu como um dos principais nomes na classificação coral para a quarta fase da competição.

Colaço, que havia sido herói contra o Sport, teve contrato rescindido.



Total de acessos: 235078

Visitantes online: 9