Carregando...

Publicidade

Atacante Pedro, que recebeu a dura missão de substituir o artilheiro Henrique Dourado, foi o grande nome da partida. (Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.)

Carioca: Flu atropela Fogão e leva a Taça Rio.

26/03/2018

Depois de perder boa parte de seu elenco, o Fluminense consagrou ontem o seu forçado processo de reformulação. Venceu o Botafogo com muita tranquilidade, por 3 a 0, no Maracanã, e conquistou o título da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Destaque para a atuação de Pedro - substituto de Henrique Dourado -, que fez o primeiro e deu bela assistência para o segundo gol, marcado por Marcos Junior.

O resultado deste domingo serviu também para definir o emparelhamento da semifinal do Carioca. Campeão da Taça Rio, o Fluminense vai encarar o Vasco na quinta-feira e tem a vantagem do empate. É a mesma situação do Flamengo, campeão da Taça Guanabara e adversário do Botafogo na quarta.

Superação

Pressionado por problemas financeiros, o Fluminense se desfez de seus principais jogadores no início da temporada, como o goleiro Diego Cavalieri e o zagueiro Henrique, além de entrar em litígio judicial com o meia Gustavo Scarpa. Foi, então, eliminado da Copa do Brasil pelo Avaí. Mas o clube se reabilitou com a taça deste domingo apostando em um time seguro, com forte marcação e velocidade nos contra-ataques. Superou, assim, a ofensividade da equipe de Alberto Valentim, perigosa no ataque e muito desorganizada na defesa.

O jogo

O Botafogo quase abriu o placar no primeiro minuto deste domingo: Marcos Vinicius arriscou de fora da área e Júlio César fez boa defesa. O time de Abel fechava-se e apostava nos contra-ataques. Deu certo. Na primeira chegada efetiva, aos 12 minutos, Ayrton Lucas recebeu de Sornoza e deixou Pedro frente a frente com Jefferson. O centroavante bateu no canto e o goleiro ainda desviou, mas não evitou o gol.

O Fluminense passou a trocar passes com mais tranquilidade quando Pedro deu belo passe de peito na entrada da área. Marcos Junior, então, recebeu sem marcação e tocou no canto.

Encolhido de vez após o gol, o Botafogo pouco fez até o fim. Melhor para o Fluminense, que seguiu melhor e fez o terceiro já no fim com Jadson.



Total de acessos: 235333

Visitantes online: 7