Carregando...

Publicidade

Com vários gols marcados, o jogo no Engenhão foi digno de uma grande final estadual. (Foto: Vasco/Divulgação)

Campeonato Carioca: Vasco em vantagem.

Em jogo intenso, Rios marca aos 48, e Vasco bate o Botafogo na primeira partida da final do Carioca.

02/04/2018

Novamente no último segundo, suado e de forma emocionante, o Vasco largou em vantagem na decisão do Campeonato Carioca. A história da semifinal se repetiu, e desta vez Andrés Rios escreveu seu nome como herói do clube cruzmaltino ao marcar aos 48 do segundo tempo, de voleio, garantindo a vitória por 3 a 2 no Engenhão, na primeira partida da final.

Depois de um primeiro tempo eletrizante, com quatro gols em 45 minutos, Rios deu o triunfo ao time que mais criou.

Melhor para o Vasco, que vai embalado e com vantagem para a segunda partida da final, domingo que vem. No Maracanã, a equipe precisará de apenas um empate para repetir a história de 2015 e 2016, quando ficou com o título sobre o mesmo Botafogo. Ao rival, fica a necessidade de vencer por dois gols de diferença. Se triunfar por um, a disputa vai para os pênaltis.

O Botafogo apostava na marcação por pressão, era incisivo e foi recompensado pelo comportamento aos três minutos. Paulão se atrapalhou no domínio na entrada da área e, ao tentar o toque na direita, entregou no pé de Renatinho, que ainda foi mais rápido do que Martín Silva para marcar.

O Vasco tentou responder rapidamente e viu Rafael Galhardo assustar aos sete. Riascos, aos 24, tentou duas vezes e parou em Gatito. Apesar das chances criadas pelo time cruzmaltino, o Botafogo parecia dono do jogo, administrando a vantagem e mantendo a posse.

Marcação

O rival, então, passou a apostar também na marcação por pressão, e se deu bem. Aos 28, Lindoso perdeu na intermediária, Wagner ficou com a sobra e deu ótimo lançamento para Pikachu, que chegou batendo de primeira para marcar belo gol. Os botafoguenses reclamaram bastante de falta em Lindoso.

O gol gerou um "apagão" no Botafogo, e a virada saiu apenas dois minutos depois. Yago Pikachu não conseguiu na primeira tentativa, mas aproveitou o bate-rebate para virar.

Em um jogo de altos e baixos de ambos os lados, foi a vez do Botafogo reagir. Luiz Fernando tabelou com Marcinho e colocou na cabeça de Brenner, que finalizou com estilo, para a rede.

O empate parecia selado, quando aos 48 minutos, no último lance, o Vasco selou a vitória. Após cobrança de escanteio da direita e desvio na primeira trave, Andrés Rios apareceu e finalizou com estilo, de voleio, para marcar o terceiro e dar números finais para a partida.



Total de acessos: 175750

Visitantes online: 89