Carregando...

Publicidade

Leão e Vovô voltam a decidir um Estadual depois de três anos. (Foto: JL Rosa)

Clássico-Rei: Final do Cearense: quem sai na frente?

Vovô e Leão iniciam, hoje, a decisão do Estadual, de olho em ter uma vantagem para o duelo final no domingo.

04/04/2018

Ceará e Fortaleza iniciam hoje, às 21h45, no Castelão, a decisão do Campeonato Cearense. Os rivais, que se encontram após três anos - a última decisão entre eles foi em 2015 com o título do Leão - prometem em dois jogos - ou seja, 180 minutos, de muita tensão e emoção na finalíssima.

Mas se é comum no futebol relativizar a importância de um primeiro jogo da decisão, com o interesse maior sendo da segunda partida - no caso no domingo às 16 horas - o Clássico-Rei promete ser diferente: afinal, na partida de ida, um título pode ser encaminhado.

Para o Vovô, mandante do jogo, vencer hoje significa tomar a vantagem para si, já que o Leão, por melhor campanha nas semifinais, jogará por dois resultados iguais. Uma vitória hoje daria a vantagem do empate para domingo para conquistar o bi-campeonato. Para o Leão, que já tem a vantagem pelo regulamento, vencer significaria aumentá-la ainda mais, podendo até perder (pelo mesmo número de gols) no jogo final para ficar com a taça no ano de seu centenário. Como exemplos históricos de como o primeiro jogo é importante para ficar com a taça, são duas conquistas marcantes. Em 2006, o Vovô venceu o jogo de ida por 1 a 0, e tomou a vantagem do Leão, claro favorito, o batendo também no segundo jogo por 1 a 0. Já em 2015, a última decisão entre ambos, a vantagem era alvinegra, mas o Tricolor venceu o jogo de ida por 2 a 1, empatando o segundo jogo por 2 a 2 e ficando com a taça.

Mistério

Se em jogos 'menores' os dois treinadores já adotavam a tática do mistério, fechando treinamentos, não divulgando lista de relacionados e escondendo escalações, no Clássico-Rei não seria diferente. O alvinegro Marcelo Chamusca e o tricolor Rogério Ceni não querem dar armas para o adversário na hora da decisão. Tudo por alguma surpresa na escalação ou uma jogada treinada de bola parada.

No Vovô, Chamusca deve manter a equipe que venceu o Salgueiro na quinta-feira pela Copa do Nordeste, salvo algum imprevisto de ultima hora.

Para os alvinegros, o 1º jogo é o mais importante, pela necessidade de reverter a vantagem do adversário. "São 180 minutos mas o jogo mais importante é o primeiro. Temos que entrar ligados desde o primeiro minuto e buscar a vitória, trazendo a vantagem para o Ceará. Esse era o jogo que a gente queria, um clássico na final e vamos buscar o bi-campeonato", declarou o goleiro Éverson, do Vovô.

Assim como o rival, a escalação do Fortaleza também é um mistério, mas o discurso dos atletas é um só: respeito ao adversário e foco total não só no primeiro jogo da decisão, mas nos 180 minutos.

O volante Derley, que pode ser titular no time de Rogério Ceni, reforça o pensamento e valoriza a decisão.

"É uma final importantíssima. Para as duas torcidas e para os clubes. Nós chegamos fortes e confiantes, mas claro que do outro lado tem um adversário que temos que ter um super respeito. Esperamos que o Fortaleza possa se sair bem nesse primeiro confronto para consequentemente buscar o título. Estamos bem focados para esses 180 minutos", disse.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Expectativa

Público

42 mil ingressos foram colocados à venda para o 1º Clássico-Rei da decisão do Estadual. Os preços variam de R$ 20 (meia cadeira superior) e R$ 120 ( premium)

Vantagem

Por ter feito mais pontos que o Alvinegro nas semifinais (seis contra três), o Fortaleza joga por dois resultados iguais para ser campeão

Títulos

Enquanto o Ceará busca o 45º título estadual, o Tricolor do Pici tenta ser campeão cearense pela 42ª vez em sua história



Total de acessos: 215731

Visitantes online: 10