Carregando...

Publicidade

Após o Crato, Juazeiro e Sobral também receberão o evento. (Foto: Elizangela Santos)

Crato recebe Seminário de Educação em Direitos Humanos nesta sexta (6).

05/04/2018

Crato. O campus do Pimenta da Universidade Regional do Cariri (URCA) receberá, nesta sexta-feira (6), o I Seminário de Educação em Direitos Humanos no Cariri. O objetivo do encontro é coletar propostas para o Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos, que pretende estruturar uma série de iniciativas promovidas pelo Governo do Estado do Ceará nessa área. As inscrições serão feitas no local.

O evento é uma parceria do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos, com a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e com a URCA. Sobral e Juazeiro do Norte também receberão uma edição do Seminário em Direitos Humanos.

De acordo com coordenador especial dos Direitos Humanos do Ceará, Demitri Cruz, além de fazer parte de uma série de seminários que estão sendo realizados em todo o Ceará, o encontro tem entre seus objetivos constituir uma rede de apoio a projetos na área de educação em direitos humanos. “Nós, da coordenadoria de Direitos Humanos do Gabinete do Governador, entendemos nesse momento histórico de tanta intolerância, tanto ódio, que é essencial o fortalecimento das ferramentas de educação em direitos humanos”, destaca.

O evento contará com um debate sobre “Direitos Humanos e Defesa da Democracia”, além da exposição de experiências de Educação e Direitos Humanos. Entre essas experiências estão o trabalho realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense, pelo Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec), pelo grupo Raízes e Frutos do Caldeirão e pelo Coletivo Camaradas.

Para a professora Grayce Alencar Albuquerque, coordenadora do Observatório de Violência e Direitos Humanos na região do Cariri pela Urca, o evento consolida-se como um importante espaço de discussão sobre os direitos humanos e a democracia, no intuito de contribuir para o estabelecimento de uma sociedade mais democrática e equitativa.

“Discutir em parceria sobre a consolidação dos direitos humanos, especialmente elencando-se as particularidades do Ceará, é de fundamental importância para a elaboração do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos, documento este que será norteador nas práticas de ensino”, pontua.

De acordo com Grayce, a Urca cumpre seu objetivo ao dar apoio a iniciativas com foco no desenvolvimento de políticas públicas que assegurem a justiça e a democracia cidadã, aproximando a universidade pública da sociedade ao reforçar o seu papel para além de acadêmico, mas também social.

Ouvidoria

Na quinta-feira (5), a Ouvidoria Estadual dos Direitos Humanos fará uma apresentação na Escola Estadual de Educação Profissional Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau (Av. Teodorico Teles, S/N, Centro, Crato) sobre o papel que desempenha e de que forma pode auxiliar no atendimento, acompanhamento e monitoramento dos casos de violações de direitos.

Coordenadoria

Criada com o objetivo de assessorar o Governador do Estado quanto à política voltada aos direitos humanos, a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos articula ações junto ao Governo do Estado para garantir o direito à vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação em todo o Ceará. Uma das atribuições da Coordenadoria é monitorar a elaboração e o acompanhamento das políticas públicas estaduais, assegurando que haja efetividade na garantia dos direitos humanos.

Serviço

I Seminário Estadual de Educação em Direitos Humanos no Cariri
Data: 06/04/2018
Horário: 8h
Local: Universidade Regional do Cariri (Urca) (Rua Cel. Antônio Luis, 1161, bairro Pimenta, no Crato)

Mais informações: (85) 3133-1716 ou (85) 3133-1717

Programação

8h – Credenciamento
9h – Abertura
9h30 – Exposição de experiências de Educação e Direito Humanos
Juventude – Grupo Raízes e Frutos do Caldeirão e Coletivo Camaradas;
Politicas de Cotas – Estudante e Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec);
Mulheres – Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense
11h – Debate: Direitos Humanos e Defesa da Democracia
12h – Almoço
14h – Oficinas de coleta de propostas para o Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos Eixos: Educação Básica, Educação Superior, Educação Popular, Educação e Comunicação, Memória, Verdade e justiça.
16h – Encerramento



Total de acessos: 178919

Visitantes online: 55