Carregando...

Publicidade

O resultado das operações foi divulgado na tarde de ontem, em coletiva de imprensa no Complexo de Delegacias Especializadas. (Foto: Kléber A. Gonçalves)

Operações: Nove presos por suspeita de estelionato e roubos.

12/04/2018

Nove pessoas foram presas em três ocorrências distintas, por suspeitas de crimes contra a administração pública, estelionato e roubo. As operações conjuntas foram realizadas pelas polícias Civil e Militar, no Ceará.

As primeiras prisões ocorreram na última quinta-feira (5), no Município de Irauçuba, após a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizar uma abordagem a um veículo em que estavam dois irmãos. Ao ser feita uma consulta ao Sistema de Informação Policial (SIP), os policiais rodoviários federais constataram que havia um mandado de prisão preventiva em aberto, oriundo do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, por crimes de assalto a banco, contra Labimael Pereira da Silva, 35.

Por conta dos antecedentes criminais, levantou-se a suspeita de que o goiano poderia estar envolvido no ataque a dois carros-fortes, ocorrido na quinta-feira (5), no Km 73 da BR-222, entre os municípios de Croatá e São Luís do Curu.

O foragido, então, foi conduzido à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), em Fortaleza, onde cumpre prisão por crimes cometidos em 2015. A Polícia Civil continuará investigando o caso para saber se ele tem alguma relação no ataque ao blindado.

Na mesma ocasião, a irmã de Labimael Silva, identificada como Juciraide Júlia Silva Costa, 55, também foi presa. "Ela confessou agir como estelionatária e admitiu que naquele mesmo dia fez um saque de uma quantia superior a R$ 3 mil, fruto de uma fraude cometida por ela", disse o delegado Osmar Berto, adjunto da DRF.

No momento da captura, foram apreendidos com Juciraide Costa seis cédulas de identidade e três cartões de agências bancárias falsificados. Ela foi autuada em flagrante por estelionato.

Ainda no mesmo dia, no Município de Ipu, seis pessoas foram presas. Segundo o comandante do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Henrique Bezerra, os militares foram informados que haveriam duas ações criminosas contra uma agência bancária e uma lotérica.

Na diligência, os policiais capturaram Bruno Duarte Cavalcante, 19; Francisco Walisson Rodrigues de Sousa, 24; Gabriela da Silva Brito, 18; Daniel da Silva Venâncio Freitas, 20; Francisco Cleylson Pereira do Nascimento, 29; e Werison dos Santos Nunes, 24. De acordo com a PM, os suspeitos saíram de Maracanaú rumo à Região Norte, com o objetivo de realizarem os crimes. Com eles, três armas de fogo e dois carros foram apreendidos. Após um levantamento de dados, os militares constataram que os veículos serviram de apoio em um duplo homicídio, ocorrido na Capital, no bairro João XXIII, na semana passada.

Em depoimento, os presos confessaram integrar uma facção criminosa, e que os homicídios estão relacionados com a disputa que há entre os grupos. Os suspeitos foram autuados em flagrante por associação criminosa, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Os armamentos serão periciados para saber se foram os mesmos utilizados no delito que vitimou as duas pessoas, na Capital.

Fortaleza

Já na última segunda-feira, em Fortaleza, Francisco Klaiton Fernandes Alves, 43, foi preso por praticar furtos mediante fraude e crimes de estelionato. Ele, junto a um comparsa, se dirigiam a agências bancárias e caixas eletrônicos de estabelecimentos comerciais no intuito de ludibriar as vítimas - geralmente idosas -, para furtar cartões de crédito.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Ricardo Romagnoli, Francisco Alves foi preso na Avenida Washington Soares, no bairro Engenheiro Luciano Cavalcante, quando estava se deslocando a uma loja para trocar o carro, uma vez que o veículo do suspeito já havia sido utilizado em crime anteriores.

O titular da Especializada enfatizou ainda que o valor do prejuízo relatado pelas vítimas é de, aproximadamente, R$ 50 mil. "Ele é reincidente. No mês passado, chegou a ser preso por tentativa de estelionato, mas foi liberado na audiência de custódia", afirmou.



Total de acessos: 240072

Visitantes online: 1