Carregando...

Publicidade

No último dia 9 de abril choveu por seis horas seguidas no Município. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte decreta situação de emergência por causa das chuvas.

20/04/2018

Juazeiro do Norte. Na última segunda-feira (16), o prefeito Arnon Bezerra decretou Estado de Situação de Emergência no Município por conta das fortes chuvas ocorridas no Município no mês de abril. O documento, assinado no último dia 5, afirma que as precipitações ocasionaram o rompimento de estradas de acesso e a inundação de inúmeros logradouros públicos.

O decreto indica que estas mesmas chuvas deixaram centenas de pessoas desabrigadas, nas zonas urbana e rural, “fazendo com que muitas delas perdessem os seus objetos pessoais, incluindo suas moradias”. Além disso, prevê que mais chuvas voltem a atingir o Município nos próximos dias e, por isso, é preciso adotar medidas emergenciais.

Durante o período de vigência do decreto, 180 dias, contando a partir do dia 5 de maio, o chefe do Poder Executivo poderá realizar a contratação de serviços e aquisição de materiais para reverter os efeitos da chuva, conforme as regras previstas pela Lei Federal nº 8.666/93.

Volume

A última grande precipitação na terra do Padre Cícero aconteceu no dia 9 de abril, no qual o Sítio São Gonçalo registrou 60 milímetros, já o pluviômetro em sua sede teve 37 milímetros. Por outro lado, há cinco dias não chove em Juazeiro do Norte – a mais recente aconteceu no último sábado (14), com 15 milímetros. No entanto, em 18 dias, já choveu 202,4 milímetros no Município, 11,5% acima de sua média histórica no mês de abril (181,5 mm).


Há dez dias, uma cratera se formou na Avenida Padre Cícero, uma das principais do Município. (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Danos

As chuvas no Município causam muitos prejuízos à população. Já são comuns os alagamentos nas rodovias que ligam Juazeiro às cidades vizinhas de Crato e Barbalha, causando engarrafamentos. Na noite dessa quarta-feira (18), mesmo sem registrar chuvas, um caminhão de coleta de lixo cedeu no asfalto da Avenida Ailton Gomes, no bairro Pirajá, próximo à EEF Izabel da Luz.

Na manhã da última terça-feira (17), mais um trecho da Avenida Padre Cícero cedeu, no trecho próximo ao Teatro Marquise Branca. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, isso aconteceu devido a ruptura em tubulações da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Os técnicos da empresa estiveram no local realizando os devidos reparos para sanarem o problema.

Por causa destas obras, este trecho na Avenida Padre Cícero interditada. Os veículos devem trafegar pelo Rua Paulo Maia, retornando na Rua Hildegarda Barbosa, para seguir o trajeto normalmente. Os serviços, iniciados semana passada, seguem acontecendo e o prazo previsto para a conclusão é de 10 dias, junto com a pavimentação.



Total de acessos: 142656

Visitantes online: 19