Carregando...

Publicidade

Nas primeiras sete rodadas da Série A o Ceará vai jogar apenas uma vez por semana. (Foto: JL Rosa)

Ceará: Calendário como aliado.

Ceará passa a ter jogos mais espaçados após sequência dura e vê rivais em maratona antes de enfrentá-lo.

27/04/2018

Antes do Campeonato Brasileiro da Série A iniciar o Ceará foi o clube que mais jogou no Brasil, com 28 jogos por 3 competições: Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Nesse período, o Vovô sofreu com um jogo a cada 2 dias e meio e precisou de um planejamento bem feito para lograr êxito na Copa do Nordeste, avançando de fase como líder geral e sagrar-se bi-campeão cearense.

Com queda na Copa do Brasil e a 2ª Fase da Copa do Nordeste ainda sem datas definidas, o Ceará deverá atuará apenas nos fins de semana até a 7ª rodada da Série A - da 8ª à 12ª terão jogos no meio de semana - enquanto alguns de seus rivais até lá passam por uma maratona de jogos e terão jogos importantes por outras competições antes de encarar o Vovô. Ou seja, os rivais ou chegarão desgastados ou terão que poupar alguns titulares quando enfrentarem o Vozão.

Foi o caso do São Paulo, que antes de jogar com o Ceará no dia 22, atuou enfrentou o Atlético/PR no dia 19 pela Copa do Brasil, e exemplo do que acontecerá com Flamengo, Corinthians e Grêmio, todos com compromissos por Libertadores ou Copa do Brasil antes de encarar o Alvinegro pela Série A. O Fla, próximo adversário do Vovô no certame, no domingo dia 29, às 16 horas no Castelão, jogou na última quarta-feira, 25, pela Libertadores diante do Independiente Santa Fé, na Colômbia, empatando em 0 a 0. E após encarar o Vozão, terá na quarta-feira um duelo de Copa do Brasil, pelas oitavas de finais, contra a Ponte Preta no Maracanã.

Já o Corinthians, rival do Vovô na 4ª rodada, no dia 6 de maio, no Itaquerão, às 11 da manhã, terá antes um confronto importante pela Libertadores no dia 2, contra o Independiente/ARG pela 4ª rodada da fase de grupos. E logo depois do jogo com o Alvinegro, enfrenta na quarta-feira o Vitória pela Copa do Brasil.

Outro rival do Vovô na Série A na 7ª rodada, o Grêmio, no dia 27 de maio no Castelão às 16 horas, terá também um encontro pela Libertadores antes de visitar o Vozão: o tricolor gaúcho recebe o Defensor/URU no ida 23, em sua Arena, pela última rodada da fase de grupos.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

De olho

O zagueiro do Ceará, Tiago Alves, espera que o time aproveite o desgaste dos adversários, como os do Alvinegro tentaram nos primeiros meses do ano.

"O São Paulo vinha de um desgaste de três partidas seguidas e não conseguirmos imprimir uma ritmo de jogo para vencermos. Pressionamos, merecíamos vencer, mas o gol não saiu. Contra os próximos adversários temos que evoluir nesse aspecto e aproveitar. O clima aqui nos ajuda também e temos que impor nosso ritmo".

Já o volante Juninho, acredita que o Ceará fez o planejamento bem feito para conseguir os resultados durante sua maratona de jogos e acredita que os adversários do Vovô também terão dificuldades.

"Estes clubes se prepararam para isso, com um poder de investimento grande e elenco qualificado. Quando nós no Ceará passamos por essa situação, soubemos administrar, o professor Chamusca soube revezar bem o elenco para não desgastar demais nenhum jogador, tanto que nós tivemos êxito no nosso maior objetivo que era o título cearense ao conquistarmos. Creio que o Flamengo e os demais tem um elenco qualificado, mas isso não é motivo de preocupação para a gente e sim para eles, que podem se desgastar. Temos que nos concentrar no nosso elenco aqui, no nosso trabalho", declarou o volante.



Total de acessos: 216917

Visitantes online: 4