Carregando...

Publicidade

A região onde a criança foi baleada e morta, no Grande Bom Jardim, é alvo de disputa entre facções criminosas rivais. (Foto: Saulo Roberto)

Morte de criança: "infeliz acidente", diz Camilo.

27/04/2018

O governador Camilo Santana afirmou, ontem, em evento de entrega de 140 motocicletas ao Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), que a Polícia Civil está apurando "a causa desse infeliz acidente que aconteceu no Bom Jardim", referindo-se à morte de uma criança de seis anos de idade, atingida por uma "bala perdida" de um confronto entre policiais e criminosos.

"Está sendo apurado. O secretário já abriu procedimento para identificar a causa dessa fatalidade que ocorreu. Foi num confronto da Polícia com bandidos. Esses criminosos hoje estão dispostos a tudo. Mas está sendo apurado para verificar a causa desse infeliz acidente que aconteceu no Bom Jardim", pronunciou-se o governador.

Bom Jardim

O confronto trágico aconteceu no bairro Bom Jardim, na tarde da última quarta-feira (25). Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o menino chegou a ser levado para O Frotinha de Parangaba, mas morreu enquanto recebia atendimento na unidade de saúde.

Uma mulher de 55 anos de idade e um policial militar também foram baleados no tiroteio. Ainda conforme a Pasta, os dois feridos foram socorridos e levados a unidades de saúde. O PM recebeu alta no mesmo dia e a mulher seguiu em atendimento.

O tiroteio ocorreu em decorrência de um confronto anterior, na madrugada de quarta-feira (25), na Comunidade do Urubu, no Bom Jardim, também envolvendo policiais e suspeitos. Duas mulheres foram presas e uma arma de fogo foi apreendida. A dupla foi autuada por tentativa de homicídio.

O titular da SSPDS, André Costa, falou que a investigação do caso foi iniciada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP): "Foi instaurado inquérito na DHPP. No flagrante delito, mulheres - inclusive uma delas já responde até por homicídio - efetuaram disparos de arma de fogo contra os nossos policiais. Foram lavrados os procedimentos, a investigação vai prosseguir e, à medida da investigação, nós vamos divulgar as conclusões da Polícia".

Reforço

O evento marcou a entrega de 140 motocicletas, da marca Honda, 1.000 cilindradas, ao BPRaio. Os transportes passaram por modificação de fábrica na estrutura, custaram o total de R$ 8 milhões e serão distribuídos para a Capital e o Interior.

Camilo Santana afirmou que as motos irão permitir que a Polícia entre em locais remotos, onde carros não adentram. "Hoje, nós estamos entregando 140 motos, mais modernas, mais potentes, o que há de melhor para o policiamento do BPRaio. Nós estamos dobrando o BPRaio em Fortaleza e vamos receber mais 156 motos no início de junho, nesse modelo", prometeu.



Total de acessos: 214351

Visitantes online: 9