Carregando...

Publicidade

Lateral Bruno Melo dá combate a um atacante do Londrina, em jogo movimentado pela quarta rodada da Série B, no Estádio do Café ( FOTO: GUSTAVO OLIVEIRA/LONDRINA ) (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina)

Fora de Casa: Notável superioridade.

Tricolor fica no empate com o Londrina, tem gol mal anulado pelo árbitro mas mantém a liderança do Brasileiro da Série B.

02/05/2018

Numa tarde em que fez mais uma partida convincente, o Fortaleza empatou em 1x1 com o Londrina/PR, no Estádio do Café, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado manteve o Leão isolado na liderança, com 10 pontos.

O Tricolor do Pici só volta a jogar pela competição, no próximo dia 12, às 19 horas contra o Goiás, na Arena Castelão, quando um grande público deve comparecer para incentivar o time a se manter na ponta da tabela.

A equipe Alviceleste surpreendeu o Fortaleza na chamada "bola parada". Começando para cima do visitante, o Londrina teve um escanteio a seu favor. Aos 2 minutos, Dudu cobrou o escanteio, fechado, na pequena área. A zaga do Leão não fez uma boa marcação e o goleiro Marcelo Böeck saiu para disputar com o centroavante Alisson Safira e perdeu. Safira cabeceou, marcando 1x0 para o time da casa.



Organizado

Pensou-se que o time do técnico Rogério Ceni tivesse o esquema de jogo todo alterado, por sofrer um gol, no início do jogo. Entretanto, tal não aconteceu. Pelo contrário, bem organizada taticamente, a equipe tricolor partiu para a reação e dominou o adversário. A todo instante, o Leão atacava pelas pontas e surgiam cruzamentos constantes na área do Tubarão.

O Fortaleza passou a jogar, como se estivesse na Arena Castelão, com posse de bola de 68%, contra 38% do adversário.

A equipe do técnico Marquinhos Santos não teve sorte no decorrer do primeiro tempo, visto que o centroavante Alisson Safira, autor do gol, saiu contundido aos 24 minutos iniciais.

O Leão criou várias chances para empatar e até virar, ainda no primeiro tempo. Osvaldo perdeu gol, praticamente feito na pequena área, após cruzamento de Bruno Melo. Osvaldo tentou dar uma puxeta, estando de costas para o goleiro e acabou colocando a bola para fora.

De tanto martelar, até que o gol veio aos 43 minutos. Pablo cruzou da direita, Diego Jussani cabeceou para Gustavo, que também de cabeça, mandou para o fundo das redes: 1x1. Este foi o placar do primeiro tempo, de forma injusta para o Tricolor, que produziu bem mais que o rival.

No segundo tempo, o Londrina começou pressionando o Fortaleza, que passou a se resguardar um pouco para sair no contra-ataque. Mas, com pouco tempo, o Leão voltou a dominar as ações novamente.

O ímpeto do Fortaleza foi parado com uma falha da arbitragem. Aos 7 minutos, Dodô cobrou escanteio, Gustavo cabeceou, o goleiro largou e Derley, que vinha atrás de Gustavo, chutou e fez o gol, mas o árbitro deu impedimento no lance, prejudicando o Fortaleza.

Vale ressaltar que o volante Derley também dividiu uma bola com um atacante do Londrina e tudo indica que cometeu penalidade máxima, mas o árbitro não marcou a infração.

O Leão ainda teve uma chance de ouro, quando Jussani cabeceou, a bola ia entrar, quando o zagueiro Luizão cortou de cabeça, em cima da linha.

Chance perdida

Vale ressaltar que aos 32 minutos da etapa final, o atacante Keirisson pegou a sobra de bola de uma jogada errada da defesa do Leão, avançou e de cara para o goleiro Böeck, chutou rasteiro para fora, desperdiçando o gol.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 214639

Visitantes online: 10