Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução/Ceará News7)

Mulher morre em hospital de Crateús com diagnóstico de gripe H1N1.

Ela esperava uma vaga em uma UTI em Sobral, mas não resistiu aos sintomas.

07/05/2018

O Hospital São Lucas, de Crateús, registrou, no último final de semana, a morte de uma mulher de aproximadamente 60 anos diagosticada com a gripe H1N1. Outras duas pessoas com sintomas da doença seguem sob observação no município.

Segundo o diretor do hospital, Marcos Granemann, a mulher esperava uma vaga na UTI em Sobral, mas não resistiu aos sintomas da doença. Ao todo, em 2018, forma 51 mortes provocadas pela doença.



Total de acessos: 214609

Visitantes online: 27