Carregando...

Publicidade

Nos 80 anos da comprovação da Teoria da Relatividade, foi criado, na Praça do Patrocínio, onde as observações foram feitas, o Museu do Eclipse. (Foto: Luiz Queiroz)

Feito Histórico: Celebração do centenário do eclipse começa no fim de maio.

Exposição que permitiu a comprovação da Teoria da Relatividade abre o

08/05/2018

Fortaleza. Com o intuito de aproximar mais a população de uma das mais importantes teorias da Física, comprovada pelo cientista alemão Albert Einstein, a programação do 'Ano Municipal da Ciência', iniciativa da Prefeitura de Sobral, trará as aplicações da Teoria da Relatividade para o cotidiano.

A abertura das atividades será realizada no dia 29 de maio, com uma exposição de fotos sobre o eclipse que permitiu a comprovação da teoria e deslocou dezenas de cientistas, no ano de 1919, para o Município do Norte do Estado do Ceará.

Parceria
Parceria entre a Prefeitura, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), além da Universidade Federal do Ceará (UFC), o projeto terá duração de um ano, permeado de palestras, exposições, congressos e simpósios.

A abertura, em 29 de maio, acontece na data em que, em 1919, o eclipse aconteceu. Na ocasião, será aberta uma exposição de imagens do feito, algumas inéditas, e o Planetário de Sobral, que está em reforma, será reinaugurado. Além disso, um monumento em alusão à Teoria da Relatividade será instalado na cidade, fruto de um concurso que pretende homenagear a luz, "tanto a luz física como a luz do saber, já que Sobral vive um momento de ebulição do conhecimento", comenta o prefeito da cidade, Ivo Gomes. O concurso é feito em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil no Ceará (IAB-CE).

"A nossa ideia é fazer com que esse fenômeno não só seja conhecido, mas que faça sentido na vida das pessoas", declarou o prefeito. Em reuniões quinzenais, o grupo pauta as ações e constrói a programação do ano, que inclui também um filme sobre o feito. Os Correios também lançarão uma série de selos em homenagem ao centenário.

A comemoração dos 100 anos do "eclipse de Sobral", como ficou conhecido, se relaciona a uma das maiores comprovações da Física feita pelo cientista alemão Albert Einstein.

Contexto

Em 1919, o físico derrubou ideias fundamentais da Física clássica, ao mostrar que o espaço não era absoluto e o tempo não corria de modo uniforme, mas eram, sim, grandezas relativas, que dependiam do observado. Para isso, realizou um experimento na cidade cearense onde aconteceria um eclipse solar, e disse: "O problema que minha mente formulou foi respondido pelo luminoso céu do Brasil".

Museu

Em comemoração aos 80 anos da comprovação da Teoria da Relatividade, foi criado, na Praça do Patrocínio, local onde as observações foram feitas, em Sobral, o Museu do Eclipse. O equipamento conta com um observatório filiado à Associação Mundial de Astronomia. Lá está o telescópio mais potente do Norte e Nordeste do Brasil.

Fique por dentro

O que diz a Teoria da Relatividade

A Teoria da Relatividade restrita, de 1905, afirma que as leis da Física são iguais em qualquer lugar do universo, seja para um objeto em movimento ou não. Já a Teoria da Relatividade geral, em 1915, determinou que objetos maciços causam uma distorção no espaço-tempo, que é sentida como gravidade.

Essas duas teorias juntas formam a Teoria da Relatividade, que em resumo, podem ser entendidas por meio dessas premissas: 1. Não existe uma referência que seja absoluta. O tempo, a velocidade ou o impulso de um objeto serão sempre relativos, dependendo do ponto de vista de um outro objeto ou observador. 2. A velocidade da luz é constante, não importa a velocidade de quem a está medindo. 3. Nada pode ir mais rápido do que a luz.

A partir dessa teoria, conseguimos explicar o movimento dos planetas ou o efeito da gravidade na luz em contato com buracos negros. Entretanto, muitas coisas que estão presentes no nosso dia a dia funcionam por meio da Lei da Relatividade, como GPS, eletroímãs e outros.

(Colaborou Marina Gomes)



Total de acessos: 175716

Visitantes online: 55