Carregando...

Publicidade

Zagueiro Roger Carvalho está livre de contusão no pé ese encontra pronto para voltar a jogar, mas a concorrência é grande no seu setor. (Foto: JL Rosa)

Fortaleza: Oito jogadores aguardam uma chance para estrear na Série B.

15/05/2018

Com o time conseguindo o encaixe necessário para os jogos do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Rogério Ceni tem modificado muito pouco a formação principal, ao contrário do que ocorreu no Campeonato Cearense. Dessa maneira, uma turma considerável do elenco ainda aguarda fazer a estreia na competição nacional.

São oito jogadores, que por razões diversas, ou lesões na hora exata de serem escalados, ou preferências táticas do treinador, acabaram por não entrar em campo em jogos da Série B.

São eles, os goleiros Max Walef e Mateus Jesus, o lateral-esquerdo Fabinho, o zagueiro Roger Carvalho, o atacante Minho, o centroavante Dênis e os volantes Sérgio e Anderson Uchôa.

O zagueiro Roger Carvalho encerrou o Campeonato Cearense como titular, mas sofreu uma pancada no pé e no início da Série B, estava ainda em recuperação. O que aconteceu foi que Diego Jussani, seu concorrente direto, passou a fazer grandes partidas na zaga.

O atacante Minho praticamente acabou de chegar e ainda está se recondicionando fisicamente. O garoto Dênis é centroavante de área, mas antes dele as opções são o artilheiro Gustavo, com o reserva imediato, Wilson. O volante Sérgio é da base e ainda está ganhando experiência. Já o volante Anderson Uchôa passou por uma contusão na planta do pé, porém, a concorrência está pesada na sua posição, pois Jean Patrick e Derley estão dando uma boa resposta.

Mesmo nível

Para o lateral-direito Tinga, o elenco tricolor vem mostrando a sua força na Série B, assegurando a liderança, ao final da quinta rodada: "A gente não tem só os 11 jogadores. Temos um grupo de 25, ou 26 jogadores e qualquer um que sai, a gente não sente diferença. Por exemplo, o Pablo jogou contra o Londrina e foi muito bem. Entrou um pouquinho contra o CRB e fez boa partida. Então, quem por alguma razão sai do time, vai entrar um substituto à altura", disse o lateral-direito Tinga.

O meia Dodô, que marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor, disse que aos poucos, o elenco vai superando a ausência do atacante Osvaldo, que estava bastante encaixado no esquema tático: "Ele faz falta, mas já viramos a chave e quem entrar vai ter condição de dar conta do recado. Quem está chegando agora no grupo tem que ser abraçado e apoiado para que continuemos bem na competição", disse.

Contratação

Além dos jogadores que faltam estrear, o clube ainda parte para a contratação de mais um atacante que atue pelos lados do campo, para substituir Osvaldo, que vai para a Tailândia.

O executivo de futebol do Leão, Sérgio Papellin, disse que o clube parte célere para trazer um reforço com as mesmas características. "Estamos negociando para trazer um jogador com as mesmas características. Já perguntamos ao Rogério Ceni e ele quer um atleta também de velocidade, pois tem a preferência de jogar com extremas velozes", explicou Papellin. Ele confirmou que procurou o Flamengo para contratar o atacante Thiago Santos, de 23 anos, mas o Mengão não libera o atleta.

Telão no Pici

O próximo jogo do Fortaleza será na sexta-feira, às 21h30 contra o Figueirense/SC, no Estádio Orlando Scarpelli. A viagem deverá ocorrer amanhã à tarde. O clube decidiu colocar telões para que o torcedor acompanhe o jogo no Estádio Alcides Santos. O ingresso custa R$ 10,00 e mulheres e crianças não pagam.



Total de acessos: 239480

Visitantes online: 1