Carregando...

Publicidade

O calçado é equipado com um sistema de cadarços internos, que apertam automaticamente de acordo com uma “equação algorítmica de pressão”; também é possível ajustá-los por meio de um par de botões. (Foto: Divulgação/Nike)

Demorou: Tênis da Nike que se amarra sozinho chega ao Brasil por apenas R$ 3.499,90.

Lançado nos EUA no final de 2016, a novidade aterrissa no país mais de um ano depois custando quase quatro salários mínimos.

21/05/2018

Lançado nos EUA em dezembro de 2016, o HyperAdapt 1.0, tênis da Nike com sistema de amarração automática, finalmente tem data certa para chegar no Brasil. Nos Estados Unidos o preço inicial foi de US$ 720, aproximadamente R$ 2.900 em conversão direta hoje. Em terras tupiniquins, entretanto, o consumidor brasileiro vai precisar desembolsar R$ 3.499,90 para não precisar amarrar seus cadarços.

O lançamento oficial do tênis, que é unissex, acontece nesta quinta-feira (24), para membros do Nike.com na Nike Store da Oscar Freire. No dia seguinte, a novidade vai estar disponível no nike.com/nikelab nas cores branca e preto com branco. O cinza, também comercializado nos EUA, fica de fora por enquanto.

O calçado é equipado com um sistema de cadarços internos, além de um sensor de pressão na sola. Ao calçar o tênis, os cadarços são apertados automaticamente de acordo com uma “equação algorítmica de pressão”. Também é possível ajustá-los por meio de um par de botões (+ e -).

A carga é feita através de um suporte magnético, parecido com o de smartwathces. Externamente, LEDs indicam a carga da bateria, que pode ser totalmente carregada em aproximadamente três horas e gera uma autonomia de cerca de duas semanas.

O novo modelo é inspirado nos Air Mags, tênis usado por Marty McFly, personagem de Michael J. Fox, no filme De Volta para o Futuro II. A Nike anunciou que lançaria os Nike Mags e em outubro de 2015, o ator apresentou o projeto durante o talk show de Jimmy Kimmel, na TV norte-americana. Outras unidades foram feitas pela empresa e leiloadas. O valor foi revertido para a Michael J. Fox Foundation, dedicada a encontrar melhores tratamentos e a cura para o mal de Parkinson, doença que afeta o ator.



Total de acessos: 216357

Visitantes online: 9