Carregando...

Publicidade

Para Taffarel, a quantidade de pênaltis vai aumentar por causa da inclusão do árbitro de vídeo no Mundial. (Foto: CBF/Divulgação)

Previsão: Pênaltis deverão ser frequentes na Copa, prevê Taffarel.

23/05/2018

A Copa do Mundo da Rússia pode ser a Copa dos pênaltis. Ao menos essa é a previsão do preparador de goleiros da Seleção, Taffarel. Se for confirmada, o Brasil estará bem preparado. O tetracampeão do mundo em 1994 revelou que Alisson, Ederson e Cássio farão, durante o período de treinamentos, trabalho específico para defender penalidades.

Para Taffarel, a quantidade de pênaltis vai aumentar por causa da inclusão do árbitro de vídeo no Mundial. A utilização do recurso foi definida em março, em reunião do Conselho da Fifa. Na ocasião, o presidente da entidade, o suíço Infantino, classificou a decisão como "histórica".

Para Taffarel, a consequência será a marcação de mais pênaltis nas partidas. "Eu acho que, nesta Copa do Mundo, lances que o juiz não viu e tiverem o auxílio da televisão vão fazer com que aconteçam mais pênaltis. A gente tem que se preparar bastante para isso", afirmou o preparador de goleiros.

Segundo ele, o trabalho específico com os goleiros será realizado mais adiante. "Neste primeiro momento não é aquela prioridade. Ainda estamos analisando os adversários, mas depois vamos focar bem nessa questão. Acho que vai ser bastante importante na Copa do Mundo", considerou.

Atenção especial

O também preparador de goleiros Rogério Maia - que trabalha no Flamengo e está com a seleção -, ressaltou que as penalidades máximas estão cada vez mais frequentes. Por isso, defendeu atenção especial na preparação dos goleiros que vão à Rússia. "Os jogos cada vez mais estão equilibrados, e as grandes decisões estão se encaminhando para decisões por pênaltis - basta ver as finais de estaduais e Copa do Brasil, ou nos mata-mata, em que as penalidades fazem parte do jogo. A gente não pode deixar de estudar esse tipo de situação", apontou.

Na Seleção, o trabalho de preparação dos goleiros para as cobranças de pênalti é integrado. "A gente atua com os analistas de desempenho da Seleção", disse.



Total de acessos: 145890

Visitantes online: 24