Carregando...

Publicidade

Em duas outras operações, foram descobertas 42 bisnagas de explosivos e cordel detonante, além de dois fuzis e uma espingarda calibre 12. (Foto: Fabiane de Paula)

Operações: Suspeitos de atacar bancos e carros-fortes são presos.

25/05/2018

Quatro homens suspeitos de integrar um grupo criminoso, envolvido em ataques à instituições financeiras e explosões de carros-fortes, foram presos, na última segunda-feira (21), em São Luís do Curu. Na operação, foram apreendidos dois veículos, munições, aparelhos celulares e outros objetos. Três dos suspeitos tinham mandados de prisão em aberto por roubo. Uma pessoa conseguiu fugir durante a abordagem.

Ao receberem uma informação de que havia um veículo trafegando em alta velocidade, uma equipe da Polícia Militar abordou cinco homens que estavam em um automóvel Ford, modelo EcoSport, na Estrada dos Fios, em São Luís do Curu. Os militares deram ordem de parada ao condutor, que não obedeceu à determinação.

Na fuga, o motorista do carro parou o veículo em um ponto da CE-085, desembarcou, e foi em direção a um matagal. Um outro suspeito, que estava sentado no banco ao lado do condutor, também tentou escapar, mas acabou capturado. Dos cinco homens que estavam no veículo, apenas um conseguiu fugir.

Ao realizarem uma vistoria no EcoSport, os policiais encontraram uma munição calibre Ponto 45, além de quatro celulares e outros objetos. Os presos foram identificados como José Ires de Souza Bezerra, 40; Francisco Edílson Parente Timbó, o 'Eílson Cadilac', 47; Francisco Wilame Viana, 30; e Ricardo Johnata da Costa de Oliveira, 22. Os três últimos estavam com mandados de prisão em aberto pelo crime de roubo.

No momento da diligência, um outro homem, que não teve a identidade revelada, também foi capturado. O suspeito dirigia um veículo Toyota Corolla, no momento da abordagem ao quarteto, chegando a passar em frente aos PMs algumas vezes. A equipe policial, então, deu ordem de parada ao motorista e, após a abordagem, conduziu as cinco pessoas detidas à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), em Fortaleza.

O quarteto interceptado no EcoSport foi autuado em flagrante, por porte e posse ilegal de arma de fogo. A Polícia Civil prossegue com as investigações, com o objetivo de capturar o quinto ocupante do EcoSport e averiguar se há alguma ligação do condutor do Corolla com o grupo criminoso.

Maracanaú

Uma outra operação, realizada em Maracanaú, culminou na prisão de um homem identificado como Galdênio Rebouças Celedônio, 32, apontado pela Polícia Civil como o suposto financiador de quadrilhas especializadas em assaltos a bancos e explosões a carros-fortes.

O suspeito foi capturado na casa em que residia, em um condomínio de luxo, na Rua Serra do Gerês, no bairro Jaçanaú. Na ocasião, os policiais avistaram uma caminhonete Hilux, blindada, em posse do homem. Ao realizarem uma vistoria no veículo, os militares encontraram dois fuzis e uma pistola municiada.

Celedônio foi conduzido à DRF, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de poste irregular de arma de fogo e posse de arma de fogo de uso restrito.



Total de acessos: 144425

Visitantes online: 7