Carregando...

Publicidade

Dominado pelo Grêmio, o Ceará amargou sua quarta derrota na Série A. (Foto: Thiago Gadelha)

No Castelão: Desfecho repetido.

Na estreia do técnico Jorginho, Ceará é derrotado pelo Grêmio no Castelão e continua sem vencer na Série A.

28/05/2018

A vida do Ceará no Campeonato Brasileiro da Série A não está nada fácil. Na estreia do técnico Jorginho, o Vovô foi derrotado por 1 a 0 para o Grêmio, no Castelão, pela 7ª rodada e continua sem vencer na competição nacional. Na temporada, já são 9 jogos sem vencer, contando também as duas partidas com o CRB pelas quartas de finais da Copa do Nordeste. A última vitória alvinegra foi a 50 dias, ao bater o Fortaleza por 2 a 1 no 2º jogo do Campeonato Cearense.

Com mais um resultado negativo, o Vovô se mantém em 19º lugar com 3 pontos e na zona de rebaixamento. Assim, já na quarta-feira, o Vovô continua a busca por sua primeira vitória na Série A, ao enfrentar a Chapecoense, às 21 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Para seu jogo de estreia, o técnico alvinegro Jorginho preferiu fazer o simples, não modificando a equipe na forma tática de jogar ou até em peças, mantendo praticamente a mesma formação que enfrentou e perdeu para o Vitória na rodada anterior, último jogo do ex-técnico Marcelo Chamusca, apenas com Felipe Azevedo no lugar de Éder Luis.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Mas contra um adversário reconhecidamente técnico e entrosado como Grêmio - em que pese os consideráveis desfalques do zagueiro Geromel (convocado para Seleção Brasileira), do meia Arthur e do atacante Luan - o Ceará não conseguiu pressionar o forte time gaúcho, muito menos criar chances de gol.

A incapacidade alvinegra foi nítida desde o início da partida, com o Grêmio ficando com toda a posse de bola e ditando o ritmo da partida.

Controlado pelo time visitante, o Ceará se defendia como podia, mas não tinha velocidade para armar contra-ataques, nem quem finalizasse de fora da área.

O Grêmio, ao contrário, foi perigoso quando atacou, principalmente com o cearense Éverton, acertando a trave.

Em vão

Para a etapa final, o Ceará voltou com duas alterações, saindo os contundidos Felipe Azevedo e Rafael Pereira, entrando Hiury e Valdo. Mas o panorama do jogo não mudou. O Tricolor gaúcho continuou dominante e o Ceará sem assustar. Logo com 1 minuto, árbitro assinalou pênalti para o Grêmio em Everton, mas em seguida voltou atrás, marcando simulação de Everton.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Repetindo os problemas da etapa inicial, o Ceará era pressionado e Everson salvou com duas defesas difíceis. Mas aos 35 minutos não teve jeito: o Ceará errou em um raro ataque, permitindo um contragolpe do Grêmio, com Everson servindo para Thonny Anderson marcar.

O gol desnorteou o Ceará, que não teve forças para empatar. Ao fim da partida, a torcida alvinegra protestou do vestiário da equipe, com a polícia precisando conter o tumulto.


Total de acessos: 175796

Visitantes online: 14