Carregando...

Publicidade

A ex-presidente da República relatou ter encontrado o petista em "estado de indignação" por sua prisão. (Foto: AFP)

Afirmação Após Visita: Para Dilma, Lula disputará eleição.

01/06/2018

Curitiba. A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou ontem, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está apto a fazer parte da corrida pela Presidência neste ano, como candidato do PT.

"Temos certeza de que ele tem condições de participar das eleições e ser eleito", disse a jornalistas após visita a Lula, que está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde o mês passado.

Dilma relata que encontrou o petista em "estado de indignação" por ter a ciência de foi condenado sem provas concretas.

"A cada dia fica mais claro que ele é um preso político inocente, porque acusam o presidente de um apartamento que é de outrem", afirmou.

"Esta é a única candidatura capaz de barrar o golpe", acrescentou Dilma em referência ao processo de impeachment que a tirou da presidência e deu lugar a seu vice, Michel Temer. Ela também citou que as pesquisas de intenção de voto realizadas até o momento comprovam a capacidade de reeleição de Lula.

Questionada sobre sua eventual candidatura a uma cadeira no Senado, Dilma declarou que ainda está avaliando, pois observa esta questão como parte de processo mais extenso, envolvendo a estratégia do partido.

Dilma Rousseff TAMBÉM contou a jornalistas que a situação da Petrobras foi uma das pautas de discussão entre os petistas.

Ela destacou algumas diferenças entre as políticas de preço que são adotadas atualmente para o petróleo, de livre mercado, e as definidas em seu governo, consideradas mais restritivas.

"Se você deixar os preços fluírem de acordo com o andamento do mercado, você tem vários fatores que influenciam", disse a ex-presidente.

Dentre estes fatores, ela citou as tensões nos acordos firmados entre os Estados Unidos e o Irã, e a queda na produção da Venezuela que, segundo Dilma, já esteve em 2,5 milhões de barris por dia e agora está em 1,5 milhão de barris por dia.

Apoio de ator

O ator norte-americano Danny Glover, de "Máquina Mortífera", também visitou o ex-presidente Lula ontem e avaliou que o petista está calmo e confiante no trabalho dos movimentos sociais.

Glover já havia visitado a vigília Lula Livre na noite de quarta (30), quando defendeu a liberdade do petista.



Total de acessos: 144316

Visitantes online: 31