Carregando...

Publicidade

Após 8 jogos sem vitória na Série A e duas derrotas com o novo técnico Jorginho, o Ceará terá 4 jogos complicados até a parada da Copa do Mundo, enfrentando Cruzeiro, Botafogo, Palmeiras e Atlético/MG. (Foto: Thiago Gadelha)

Série A: Só pedreiras pela frente.

Em situação delicada na Série A e precisando reagir, Ceará encara 4 campeões nacionais até a parada para a Copa.

01/06/2018

Após 8 rodadas na Série A do Campeonato Brasileiro, o Ceará vive uma crise de resultados, com 5 derrotas e apenas 3 empates, ainda sem uma única vitória. Com um início tão pífio, o time cearense amarga a 19ª colocação com apenas 3 pontos e já 5 distante de deixar a zona de rebaixamento.

Com um quadro tão crítico, com jogos nos meios e fins de semana, o Alvinegro terá uma tabela só com 'pedreiras' até a 12ª rodada, quando a Série A do Campeonato Brasileiro pausa para a disputa da Copa do Mundo da Fifa. O Vovô enfrentará 4 campeões brasileiros: Cruzeiro (no domingo no Castelão), Botafogo/RJ (no dia 6, no Nilton Santos), Palmeiras (no dia 10, no Castelão) e Atlético/MG (dia 13, no Independência). Será a segunda sequência dura contra campeões nacionais que o Vovô terá na Série A.

Primeiro, da 1ª a 4ª rodadas, o Vozão enfrentou Santos, São Paulo, Flamengo e Corinthians, somando apenas 2 pontos, nos empates em casa com o Tricolor Paulista e fora com o Timão. Na sequência o time cearense não aproveitou um bloco de jogos mais acessível, contra 3 adversários diretos na luta contra o rebaixamento (América/MG, empate em casa, Vitória, derrota fora e Chapecoense, derrota fora), além da derrota para o Grêmio em casa, precisando se recuperar contra quatro gigantes do futebol brasileiro para não fechar a participação da equipe na Série A até a parada da Copa em uma situação desesperadora.

Outro nível

O técnico Jorginho ainda acredita que uma reação do Ceará seja possível, mas já admite que a Série A está em outro nível em comparação com o Campeonato Cearense e Copa do Nordeste.

"Não podemos achar que é impossível a retomada das vitórias. Não vamos desistir, sei que pode bater o desânimo em alguns momentos, achar que não vai dar, mas precisamos acreditar no trabalho. Os jogadores estão se entregando ao máximo, sei que os resultados não são os esperados mas isso pode mudar a qualquer momento. Com uma vitória ficamos próximos de deixar a zona de rebaixamento. Mas para isso precisamos qualificar a equipe. O Cearense (estadual) e a Copa do Nordeste tem um nível, e a Série A tem outro, muito maior. Espero que a torcida apoie o Ceará contra o Cruzeiro, que apenas unidos sairemos dessa situação", disse ele.

O goleiro Éverson destacou a dificuldade dos adversários que o Ceará terá, mas que o clube precisa vencer logo.

"Não tem essa de tempo não. Precisamos vencer. As rodadas estão passando. A gente tem um planejamento de terminar fora da zona de rebaixamento antes da Copa do Mundo. A competição é muito difícil e de alto nível, mas temos que reagir. Na Série A não tem jogo fácil".


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 218057

Visitantes online: 23