Carregando...

Publicidade

Jorginho, ex-técnico do Ceará. (Foto: JL Rosa)

Após 15 Dias no Cargo: Jorginho pede demissão no Ceará; Lisca é favorito para assumir.

Jorginho deixa o Vovô com um rendimento terrível. Foram três jogos e três derrotas.

04/06/2018

O Ceará passa pela segunda mudança de comando técnico em apenas 9 rodadas na Série A. Após 15 dias de trabalho e a última derrota, para o Cruzeiro, em pleno Castelão, o técnico Jorginho pediu demissão do cargo, alegando problemas pessoais.

Jorginho deixa o Vovô com um rendimento terrível. Foram três jogos e três derrotas. “Apesar do tempo muito curto de trabalho, posso dizer que tive a honra de trabalhar no Ceará Sporting Club. A decisão foi minha. Nesta segunda-feira, vou ao CT me despedir dos atletas e funcionários, que tão bem me acolheram desde a minha chegada. Desejo e espero que o clube possa reencontrar o caminho das vitórias. Pelo grupo de trabalho, pela dedicação da diretoria, e, claro, por essa torcida maravilhosa. Certamente é o maior patrimônio do Ceará, com uma média de público e participação nos jogos impressionantes. Agradeço também, de coração, ao povo cearense, sempre hospitaleiro e cordial”, disse o treinador.

A diretoria alvinegra tenta conseguir um novo nome para assumir o clube num período curto de tempo até o próximo jogo contra o Botafogo, na quarta-feira (6), às 19h, no Rio de Janeiro. O técnico Lisca, que salvou o time do rebaixamento na Série B em 2015, é o favorito para a função, segundo informações de fontes do clube.


Lisca 'Doido' é conhecido por seu jeito irreverente, mas também por conseguir dos seus atletas maior dedicação e empenho para sair de situações extremas. (Foto: Bruno Gomes)


Total de acessos: 175675

Visitantes online: 14