Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Treino: Todos ao ataque na Seleção Brasileira.

Durante treinamento ontem, Tite repetiu a escalação e ensaiou um quarteto ofensivo para estreia na Copa.

14/06/2018

O técnico Tite escalou o time titular da Seleção Brasileira pela primeira vez desde que chegou à Rússia, em treino realizado nesta quarta-feira (13), em Sochi. E repetiu a escalação ofensiva colocada contra a Áustria na semana passada.

Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian, Coutinho e Neymar; Jesus.

Essa foi a equipe que Tite apostou como titular na atividade que só teve 20 minutos abertos à imprensa que está em solo russo.

Com esse time, o Brasil fez 3 a 0 na seleção austríaca no domingo (10), em Viena. Os gols foram de Jesus, Neymar e Coutinho, no que foi o último duelo preparatório para a Copa do Mundo.

A escalação ofensiva é uma aposta de Tite para bater a Suíça no próximo domingo (17), na estreia da equipe brasileira no Mundial, em Rostov-on-Don. O quarteto ofensivo será a arma da Seleção contra uma equipe tradicionalmente forte defensivamente.

Fred segue fora

O volante Fred, que lesionou o tornozelo direito na última quinta-feira após sofrer entrada dura de Casemiro, ficou fora de mais um treino com o restante dos companheiros e fez uma atividade em outro campo, acompanhado pelo fisioterapeuta da Seleção Brasileira, Ricardo Sasaki.

No campo onde o grupo trabalhava, havia um espaço reservado para amigos e familiares dos jogadores da Seleção acompanharem a atividade.

Além disso, de um hotel nas proximidades do campo, algumas pessoas chegaram a acompanhar o começo do treinamento. Na atividade da manhã desta quarta, de acordo com informações divulgadas pela CBF, apenas os goleiros trabalharam no campo. Já os demais jogadores do elenco do Brasil fizeram um treino físico na academia do luxuoso hotel onde a seleção está hospedada em Sochi. O time nacional voltará a treinar na tarde de quinta (no horário local), em mais uma atividade com apenas 20 minutos abertos à imprensa.

Para entrevista coletiva aos jornalistas, quem falou foi Paulinho. Um dos jogadores mais importantes dentro do esquema tático do técnico Tite na Seleção, por ter uma função que exige bastante deslocamento em campo, o volante Paulinho disse que não se importa de se sacrificar para que Philippe Coutinho tenha mais liberdade para construir jogadas para o time. Ele recebeu essa orientação do técnico Tite e não se incomodou em mudar o posicionamento.

"Eu já trabalhei com o professor (no Corinthians) e algumas vezes fazia esse trabalho, ela pedia para que eu baixasse um pouquinho (jogasse mais atrás). Posso ficar um pouco mais e liberar o Coutinho, porque ele é um jogador de qualidade impressionante. Houve esse pedido e não vejo problema nenhum. O que eu mais quero fazer é ajudar a equipe", disse o jogador.

Paulinho garante que chega à Copa do Mundo muito bem fisicamente Ele passou uma longa temporada no futebol chinês antes de chegar ao Barcelona no início do ano, mas assegura que isso não afetou sua condição.

"Minha ida para a China foi importante porque consegui manter um nível muito bom, alto, e tive novamente oportunidade na Seleção. Depois de alguns anos o futebol faz com que você vá evoluindo", afirmou.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 175718

Visitantes online: 57