Carregando...

Publicidade

Grupo F: Campeã surpreendida.

Alemanha não joga bem e cai diante do México em sua partida de estreia na Copa 2018, em Moscou.

18/06/2018

E quem diria que a tão poderosa Alemanha fosse derrotada logo em seu jogo de estreia na Copa do Mundo. Foi o que aconteceu nesse domingo, em Moscou, diante de mais de 70 mil torcedores que compareceram ao Estádio Luzhniki.

O México jogou bem e surpreendeu os alemães debaixo de um forte calor. Com um futebol veloz e determinado, a equipe soube explorar os contra-ataques, segurou os atuais campeões do mundo e saiu de campo com uma excelente vitória por 1 a 0, em jogo disputado no estádio Luzhniki. É deste grupo que saem os adversários dos times da chave da seleção brasileira e, agora, já não há mais ninguém certo de quem vai enfrentar quem nas oitavas de final.

No primeiro tempo, a velocidade foi a maior arma da seleção do México. O time chamou a Alemanha para o seu campo, correu riscos, mas conseguiu explorar muito bem os contra-ataques durante os primeiros 45 minutos.

A primeira boa chance surgiu aos dois minutos, quando Vela fez ótimo lançamento pelo lado esquerdo da área alemã, Lozano deixou Kimmich no chão e bateu firme, mas Boateng se esticou todo e conseguiu mandar a bola para escanteio. A resposta da Alemanha veio um minuto depois, quando Muller esticou passe para Timo Werner, que passou nas costas de Gallardo e chutou cruzado, mas a bola passou raspando a trave esquerda.

A Alemanha chegou com perigo de novo aos 19, quando Kimmich encontrou Timo Werner dentro da área. Ele dominou, girou em cima de Ayala e bateu firme de esquerda, mas Ochoa, bem colocado, fez a defesa.

O México foi com força para o ataque aos 25. Guardado partiu em velocidade e acionou Lozano na esquerda, ele invadiu a área e rolou para trás. Layún bateu colocado e a bola raspou o travessão.

Depois de muito lá e cá, os mexicanos saíram na frente do placar aos 34 minutos. Lozano recebeu de Chicharito na área pela esquerda, deu um corte seco em Hummels e bateu firme no canto direito de Neuer para fazer o gol, para explosão da torcida mexicana no Luzhniki.

A Alemanha quase empatou aos 38, em linda cobrança de falta de Kroos - a bola passou pela barreira, Ochoa resvalou e ela explodiu no travessão.

Acelerado

O segundo tempo continuou em ritmo acelerado. Logo aos dois minutos, Kimmich cruzou para a área, a zaga do México cortou muito mal e Plattenhardt chutou forte da entrada da área, mas o goleiro Ochoa defendeu mais uma. Aos sete, Kimmich foi acionado por Draxler na entrada da área, mas finalizou sobre o gol mexicano. Aos nove, quase o empate alemão. Draxler bateu de primeira, a bola explodiu em Salcedo e saiu tirando tinta da trave esquerda.

A equipe do técnico colombiano Juan Carlos Osorio poderia ter definido a partida aos Chicharito Hernández disparou em contra-ataque, lançou na entrada da área, Layún passou por Hummels, mas bateu por cima do gol de Neuer.

O jogo ficou eletrizante no final, Aos 43, Reus invadiu a área pela esquerda, bateu cruzado, Mario Gomez desviou no gol e Ochoa defendeu. No rebote, Mario Gomez tocou a bola para trás, Kimmich dividiu com Gallardo e a bola sobrou para Brandt, que bateu de primeira da meia-lua, mas a bola explodiu na trave esquerda.

Já nos acréscimos, o goleiro Neuer foi para a área numa cobrança de escanteio quase aos 47, mas não havia mais tempo. Após estrear com derrota para os mexicanos, os alemães buscarão a reabilitação no Mundial no próximo sábado, contra a Suécia, às 15 horas (de Brasília), em Sochi. No mesmo dia, por esta segunda rodada do Grupo F, o México encara a Coreia do Sul às 12 horas, em Rostov.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 229937

Visitantes online: 7