Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Oitavas de Final: Confrontos desiguais.

29/06/2018

Página virada na Copa do Mundo da Rússia. Passadas as emoções da fase de grupos, que ficou marcada pela desclassificação da atual campeã Alemanha, chega o momento dos confrontos únicos e eliminatórios, a começar pelas de oitavas de final.

Nela, 16 seleções continuam vivas pelo sonho do título mundial. Ao todo, são 10 europeus (Portugal, Espanha, Rússia, Dinamarca, França, Croácia, Suíça, Suécia, Inglaterra e Bélgica) quatro sul-americanos (Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia), um da América do Norte (México) e um asiático (Japão). O continente africano, que tinha Senegal, Egito, Nigéria, Tunísia e Marrocos, não conseguiu classificar nenhuma equipe para a próxima fase.

O chaveamento das oitavas ainda traz alguns dados curiosos. De um lado estão quatro campeões mundiais (Brasil, Uruguai, Argentina e França). Do outro, apenas dois (Inglaterra e Espanha). Levando em conta a classificação no ranking da Fifa, Japão e a anfitriã Rússia aparecem como surpresas nesta etapa do Mundial.

A expectativa por grandes jogos é das melhores. A começar pelo duelo deste sábado, às 11 horas (de Brasília) entre França e Argentina, que define o primeiro classificado para a fase seguinte (quartas de final). As duas equipes tiveram desempenhos diferentes na fase de grupos. Enquanto a França garantiu a classificação de forma antecipada e apenas administrou o resultado contra a Dinamarca para assegurar a 1ª colocação, a Argentina de Lionel Messi sofreu até os últimos minutos do terceiro jogo, contra a Nigéria, para garantir a vaga.

Já a outra partida do sábado, às 15 horas, será entre o bicampeão do mundo Uruguai, que teve 100% de aproveitamento em seu grupo (A) e a seleção portuguesa, do craque Cristiano Ronaldo.

No dia seguinte, os donos da casa (Rússia) tentam surpreender a favorita Espanha, às 11 horas. Mais tarde, Croácia e Dinamarca travam o segundo duelo europeu das oitavas.

Dia D

A Seleção Brasileira entra em campo na segunda-feira, às 11 horas, para enfrentar o México. Na história das Copas, as duas equipes se encontraram pela última vez em2014, quando o jogo terminou empatado sem gols, ainda na fase de grupos.

No mesmo dia, Japão e Bélgica se enfrentam às 15 horas, enquanto Suécia e Suíça, além de Colômbia e Inglaterra fecham as oitavas na terça-feira (3), também às 11 horas da manhã e às 15 horas, respectivamente.

A sorte está lançada. No entanto, o mais importante e necessário é ter competência e os nervos sob controle, para assim conseguir a tão sonhada classificação para a fase seguinte.



Total de acessos: 229996

Visitantes online: 7