Carregando...

Publicidade

(Foto: AFP)

Seleção Brasileira: Vem força máxima aí.

Recuperados, Douglas Costa e Marcelo treinam e vão reforçar a Seleção Brasileira contra a Bélgica, na sexta-feira.

04/07/2018

As lesões não parecem mais ser um problema para Tite antes do duelo com a Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Nesta terça-feira, no dia seguinte ao triunfo por 2 a 0 sobre o México, em Samara, a Seleção Brasileira retomou a sua rotina de atividades em Sochi com a presença do meia-atacante Douglas Costa, recuperado de contusão, assim como do lateral-esquerdo Marcelo.

Douglas Costa sofreu lesão na coxa direita nos minutos finais da vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica, em 22 de junho, e vinha desfalcando a seleção brasileira desde então. Nesta terça-feira, porém, ele participou sem qualquer restrição da atividade dos reservas de Tite, ficando à disposição do treinador para o duelo de sexta-feira com a Bélgica, às 15 horas (de Brasília), em Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

A presença de Douglas Costa significa que Tite não deverá ter qualquer desfalque por lesão para o seu próximo duelo na Rússia, situação bem diferente da enfrentada em compromissos recentes, pois, além do jogador da Juventus, o treinador já não pôde contar em outros momentos com o lateral-direito Danilo e o meio-campista Fred.

O treino da Seleção nesta terça-feira em Sochi teve em campo apenas a presença dos reservas, além do goleiro Alisson. Os titulares no triunfo sobre o México ficaram na academia, onde realizaram somente trabalhos regenerativos. Para os suplentes, o treinamento também acabou sendo bem leve e em sua maior parte concentrado em cruzamentos e finalizações.

Marcelo de volta

A atividade da Seleção também contou com a presença do lateral-esquerdo Marcelo, que foi poupado por Tite do confronto com o México por causa das dores na região lombar que o tiraram do confronto com a seleção da Sérvia logo em seus minutos iniciais, sendo substituído por Filipe Luís nos dois últimos jogos do Brasil. Mas a tendência é a de que ele retorne ao time contra a Bélgica.

Até por ser uma atividade no dia seguinte a um triunfo, o trabalho de ontem Seleção contou com a presença de diversos familiares dos jogadores, que confraternizaram com eles dentro de campo, ao final da atividade.

A Seleção volta a treinar em Sochi às 11 horas (de Brasília) desta quarta-feira, na sua última atividade na cidade, o seu "quartel-general" durante a Copa. No dia seguinte, o time nacional segue para Kazan, onde treinará para o confronto de sexta-feira com a Bélgica. O único desfalque para o próximo confronto é o volante Casemiro, suspenso após levar o segundo cartão amarelo. Tite ainda não confirmou, mas Fernandinho deverá ficar com a vaga. O jogador do Manchester City treinou normalmente nesta terça-feira.

Fernandinho

O meio-campista Fernandinho, 33, é daqueles jogadores que podem passam desapercebido pelos torcedores, mas que são idolatrados pelos treinadores.

Nesta sexta-feira (6), ele terá a oportunidade de convencer também qualquer torcedor brasileiro que o olha sob desconfiança. O jogador do Manchester City vai substituir Casemiro, suspenso pelo segundo cartão amarelo, e formar o meio de campo ao lado de Paulinho e Coutinho no duelo contra a Bélgica.

No Mundial da Rússia, o volante é uma espécie de 12º jogador da seleção e considerado até um curinga. Ele foi o único reserva do time brasileiro que entrou até agora nas quatro partidas disputadas. No total, jogou 76 minutos. Desde que Tite estreou pelo time principal -em setembro de 2016-, o atleta atuou em 19 das 25 partidas comandadas pelo treinador.



Total de acessos: 230242

Visitantes online: 5