Carregando...

Publicidade

Artilheiro da Copa do Mundo com 6 gols marcados, o atacante Harry Kane é a principal referência da jovem seleção inglesa, que tem média de idade de 24 anos. (Foto: AFP)

Em Samara: Por um lugar na semifinal.

Duelo entre a surpreendente Suécia e a jovem Inglaterra definirá mais um europeu classificado.

07/07/2018

Uma geração jovem, com média de 24 anos, que chegou às quartas de final da Copa da Rússia depois de uma decisão por pênaltis emocionante diante da Colômbia, contra outra equipe que tem praticamente a mesma ambição: chegar o mais longe possível no Mundial. Assim pode ser definido o embate entre Inglaterra e Suécia, que acontece em Samara, às 11 horas, e define mais um semifinalista da competição.

Os ingleses, comandados pelo jovem técnico Gareth Southgate (46), depositam toda confiança no atacante Harry Kane, artilheiro da Copa do Mundo com 6 gols, enquanto a Suécia ainda tenta mostrar que é um time coletivo, bem diferente dos tempos que dependia do centroavante Zlatan Ibrahimovic, que se aposentou recentemente.

"Realmente somos um time, formamos um conjunto", explica Janne Andersson. "O time luta pelo time, isso é o que conta para os que estão em campo e para nós no banco", afirmou o treinador sueco, que também confessou ser fã do adversário.

"Cresci nos anos 70 assistindo o Campeonato Inglês pela televisão. Era o que mostravam para a gente. Sempre fui fã. A Inglaterra é minha segunda nação É incrível poder enfrentá-los nesta fase", disse o treinador da Suécia, que não deve ter surpresas em sua escalação e ao que tudo indica manterá a equipe titular.

Desfalque

Do lado inglês, é bom mesmo que o artilheiro da Copa esteja 100% para o duelo contra os suecos, pois a equipe provavelmente não contará com uma opção importante para o confronto. Trata-se de Jamie Verdy, que ficou de fora de parte do treino dessa sexta-feira (6) e virou dúvida para o jogo de hoje.

Embora seja reserva, Vardy costuma entrar bem nas partidas, como na passada, dia nte da Colômbia, dividindo a responsabilidade com Harry Kane, mas um problema na virilha pode deixá-lo de fora do jogo decisivo deste sábado.

A jovem Inglaterra deste Mundial tenta voltar a uma semifinal de Copa do Mundo depois de 28 anos. Em 1990, o país foi eliminado na semifinal pela Alemanha, quando a competição foi disputada na Itália.

Por outro lado, a Suécia do habilidoso meia Forsberg, espera chegar ao mesmo objetivo, já que a última vez que disputou uma semifinal de Copa foi em 1994, nos Estados Unidos, quando foi eliminada justamente pela Seleção Brasileira (mais terde seria tetracampeã), com um gol de Romário, de cabeça.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 196773

Visitantes online: 16