Carregando...

Publicidade

Com grandes defesas diante da Suécia, o goleiro Pickford foi eleito um dos melhores jogadores em campo, garantindo a classificação da Inglaterra. (Foto: AFP)

Inglaterra x Croácia: Condições opostas.

Ingleses terão força máxima, enquanto a Croácia pode ter desfalques importantes para a semifinal.

10/07/2018

Se a tranquilidade reina de um lado, do outro sobra preocupação. Este é o cenário de Inglaterra e Croácia, na véspera do decisivo jogo desta quarta-feira, que vale a segunda vaga na final da Copa do Mundo.

A equipe comandada pelo técnico Gareth Southgate veio de um jogo até certo ponto sem problemas, contra a Suécia, mas três jogadores estavam sob as atenções do departamento médico: o goleiro Pickford, o volante Handerson e o atacante Jamie Vardy. Os três sentiam problemas físicos, mas já se encontram recuperados e à disposição do treinador para a semifinal.

A seleção inglesa ainda realiza um treino em Zelenogorsk nesta terça-feira pela manhã, antes de viajar para Moscou, local da partida contra a Croácia. Nessa segunda, o lateral Ashley Young falou com a imprensa e disse estar confiante no título. "Temos grandes chances de conquistar a Copa. Estamos em ótima condição", frisou.

Problemas

Já do lado croata, não se pode dizer o mesmo com relação à força máxima. Isso porque o tenso confronto contra os russos, anfitriões da Copa, pode ter deixado dois grandes prejuízos para o técnico Zlatko Dalic. Com uma lesão no joelho, o lateral direito Sime Vrsaljko está fora do jogo da semifinal da Copa. A equipe croata ainda poderá perder o goleiro Danije Subasic, fundamental nas duas disputas por pênaltis no mata-mata. Ele sentiu um estiramento no fim do 2º tempo contra os russos, mas seguiu em campo, defendendo uma pênalti. Ele não treinou ontem e será reavaliado hoje.

No entanto, se depender da vontade, a Croácia vai ainda mais longe no Mundial da Rússia. O atacante Mario Mandukic considera que a equipe tem condições de superar os ingleses e fazer história. "É especial fazer algo assim pela seleção. Esperamos anos por algo grande para a Croácia. Estamos finalmente perto de um feito. Vamos deixar a última gota do nosso suor para conquistar nosso objetivo", disse o atacante croata.

O também atacante croata Andrej Kramaric também falou em coletiva nessa segunda e disse que não se surpreende em encarar os ingleses numa semifinal inédita, mas reconhece que a missão desta quarta-feira não será tarefa fácil.

"A Inglaterra já era uma das favoritas para mim antes. Não será fácil para nós", cravou.



Total de acessos: 196771

Visitantes online: 14