Carregando...

Publicidade

Nas lotéricas de Reriutaba, os moradores têm sido informados e estão ficando apreensivos, já que a cidade teve os dois bancos implodidos. (Foto: Marcelino Júnior)

Cidades Sem Banco: Fim do pagamento da conta de luz nas lotéricas preocupa.

A medida é motivada pelo encerramento do contrato de arrecadação da Caixa Econômica Federal com a Enel.

10/07/2018

Reriutaba. Localizado no Norte do Ceará, este Município, com cerca de 19 mil habitantes, passa por uma situação difícil no que diz respeito a transações bancárias. Desde que teve suas duas agências bancárias explodidas, em abril deste ano, a saída tem sido o deslocamento para outras cidades da região, o que tem gerado transtorno para muitos, como afirma a funcionária pública Jovelina Magalhães.

"Muita gente se desloca para Guaraciaba do Norte, a 35Km, na Serra da Ibiapaba; ou Varjota, em busca de resolver suas questões bancárias, correndo o risco de assaltos na estrada, além de enfrentar enormes filas", afirma, sobre um problema que pode se agravar depois que a Enel Distribuição Ceará informou que o pagamento de contas de energia elétrica não poderia mais ser feito nas lotéricas. A medida é motivada pelo fim do contrato de arrecadação da Caixa Econômica Federal com a Enel, devido ao reajuste de cerca de 40% proposto pela Caixa, na tarifa para receber as faturas em lotéricas, alega a Enel.

Impasse

"Como as taxas de arrecadação entram no cálculo das tarifas de energia, caso o contrato fosse renovado, o aumento no valor sugerido pela Caixa seria repassado para as tarifas na próxima revisão tarifária, com impacto na conta de luz para os consumidores da Companhia. Com essa medida e a oferta de diversas alternativas para pagamento da conta de luz, buscamos proteger os consumidores do reajuste abusivo proposto pela Caixa Econômica", afirma Marcia Roque Vieira, diretora de Mercado da Enel.

Mas, ainda segundo Jovelina Magalhães, "as pessoas, principalmente de cidades do Interior, já têm esse hábito de pagar contas nas casas lotéricas. Ainda não deu para sentir esse impacto, mas nos preocupa muito". A Enel disponibiliza apenas um ponto de arrecadação cadastrado em Reriutaba.

Sertão Central

Nas cidades do Centro do Estado com menor infraestrutura, como Ibaretama, Ibicuitinga e Choró, os moradores também já começam a se preocupar com o pagamento das suas contas de energia elétrica. Não bastasse a dificuldade nos atendimentos de solicitação de serviços, feitos somente por meio de ligação telefônica, com o cancelamento do pagamento das contas nas lotéricas, vai ficar ainda mais difícil efetuar os pagamentos, gerando aumento de filas.

Uma solução seria os chegue-pague, mas quem possui comércio com boa estrutura nestas cidades não quer mais disponibilizar o serviço. "O medo de ser atacados por quadrilhas e ter seus estabelecimentos destruídos por explosivos é o principal problema", comenta o lojista Geraldo Bezerra. A alternativa sugerida é o débito automático. "Praticamente todo mundo tem hoje conta em banco, mesmo sendo apenas Social, para recebimento do benefício", complementa seu Geraldo Bezerra.

Alternativas

Em Choró, até existe loja de atendimento da Enel, mas, ao contrário da divulgação feita pela empresa, não aceita pagamento de contas. A unidade de assistência ao cliente também só funciona no período da manhã. A Câmara Municipal já solicitou a extensão do horário, todavia, ainda não foi atendida. Como alternativa às lotéricas no Ceará, que, segundo a empresa de energia, contavam com cerca de 377 pontos, a Enel está disponibilizando mais de 2 mil agentes arrecadadores no Estado para pagamento das contas de luz, como supermercados, farmácias ou grandes comércios.

Outra alternativa oferecida para clientes de bancos conveniados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco e Caixa Econômica Federal) é a possibilidade de cadastrar suas contas em débito automático pelo site da Companhia, pela Central de Atendimento (0800 285 01 96) ou em uma das lojas de atendimento da distribuidora. É possível também realizar o cadastro pelos canais de atendimento (Internet Banking, app ou agência) dos próprios bancos.



Total de acessos: 196822

Visitantes online: 4