Carregando...

Publicidade

Ederson está na capital e negocia com o Fortaleza, entretanto, sua prioridade é um convite que recebeu para jogar no exterior. Caso não dê certo, pode acertar com o Leão. (Foto: Divulgação)

Reforço no Leão: Planejamento para apenas mais um.

17/07/2018

Após o time, líder da Série B, com 29 pontos ganhos, ter perdido duas partidas seguidas na competição, permitindo os adversários diretos encostarem na classificação, é natural que os torcedores queiram uma enxurrada de contratações para melhorar o time. Entretanto, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, informa que só poderá vir mais um reforço, além de Nenê Bonilha- já regularizado - Douglas Coutinho e Getterson. Isso porque, o orçamento do clube não permite trazer mais de um atleta. Sendo assim, se o clube tinha interesse em Éderson, do Atlético Paranaense e Rafael Grampola, do Joinville/SC, só um deles pode desembarcar na capital cearense para defender o Leão.

O presidente Marcelo Paz deu entrevista coletiva, na sala de imprensa Carlos Rolim Filho, no Pici, quando lembrou que o planejamento financeiro do clube para a temporada de 2018 previa uma folha de pagamentos, referentes aos atletas no máximo em R$ 800 mil. Porém, o valor já foi ultrapassado. Hoje, somente a folha de pagamento dos jogadores já atingiu R$ 1,038 milhão.


Atacante Rafael Grampola já foi artilheiro d a Série C. Atualmente no Joinville/SC, tem multa rescisória para deixar a equipe catarinense e aguarda um desfecho junto ao seu empresário. (Foto: Divulgação)

"Perdemos o jogo e quando isso acontece, a gente perde o final de semana todinho, porque todos ficam com raiva. Eu não saí de casa. Ninguém nunca quer perder e surgem uns questionamentos. Ah, o time caiu de produção, tem que contratar, tem que investir, cadê o dinheiro do Edinho e tal. Eu acho importante a gente fazer alguns esclarecimentos. A folha do Fortaleza está em R$ 1,038 milhão. O previsto era R$ 800 mil e com as contratações, estouramos esse orçamento", disse ele.

Marcelo Paz informou que o dinheiro da multa pela negociação de Edinho junto ao Atlético Mineiro está sendo todo usado para pagar os salários dos que permaneceram e também para a vinda dos que chegaram há pouco tempo e de mais um atacante que virá. "Nós já fizemos os investimentos. Pode ser que a gente traga mais um jogador, porém só mais um, pois a gente já estourou o que tinha que estourar. Isso aconteceu de forma controlada, olhando os números e a projeção financeira, para não perder o controle, o que temos de mais valioso, que são todas as obrigações em dia", disse o presidente, esclarecendo que tudo é cumprido conforme o planejamento, rigorosamente em dia.

O presidente do Leão falou também sobre a performance do time, utilizando os números da campanha. Ele afirmou que, se com 15 jogos, o Leão está com 29 pontos, com mais 15, se o time continuar com o mesmo desempenho, chegaria a 58 pontos, bem próximo de um acesso, faltando oito rodadas para o final da competição.

O meia Nenê Bonilha foi regularizado e pode jogar contra o CSA/AL, sexta, às 21h30 em Maceió e o atacante Marcinho já está liberado para poder jogar.



Total de acessos: 218825

Visitantes online: 26