Carregando...

Publicidade

Antônio Mardônio Lopes Alves, o 'Cancão', é acusado de assaltos a banco e carros-fortes, no Interior do Estado. (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

No Montese: Criminoso da lista dos mais procurados do CE é detido.

17/07/2018

Um dos 16 criminosos mais procurados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Antônio Mardônio Lopes Alves, o 'Cancão', de 35 anos, foi preso, na tarde de ontem, enquanto transitava pela Avenida Gomes de Matos, no bairro Montese, em Fortaleza. O acusado de assaltos a banco e carros-fortes, no Interior do Estado, portava uma identidade falsificada, no momento em que foi abordado pelo BPChoque da PM.

Além de apresentar um documento falso, o que lhe rendeu uma prisão em flagrante, já havia um mandado de prisão em aberto contra 'Cancão', pelo crime de organização criminosa. No processo relativo à detenção de Mardônio Alves, no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o tenente-coronel Cícero Henrique Bezerra Lopes, comandante do BPChoque, afirmou que havia recebido, no período da manhã, denúncias anônimas de que 'Cancão' estava transitando pelo Montese.

O oficial, que declarou estar à frente da ofensiva que culminou na captura afirmou também que, em razão das informações, teria acionado patrulhas e seguido para o Montese.

Ainda de acordo com Henrique Bezerra, o criminoso foi encontrado próximo a um banco, junto a dois homens, em Fiat Siena, cor prata. O automóvel estaria no nome da esposa de 'Cancão'. Com ele, não foi encontrado nada ilícito, com exceção da cédula de identidade, em que constava o nome falso de Felise Neto Bezerra Martins.

Mardônio Alves disse à Polícia Civil ter comprado o documento por R$ 300 para "evitar que fosse preso", uma vez que sabia do mandado de prisão. O assaltante negou envolvimento em roubos a bancos e carros-fortes e disse que "tais comentários surgiram de equívocos".



Total de acessos: 239486

Visitantes online: 1