Carregando...

Publicidade

Atacante cearense chega para suprir a ausência de Gustavo, que se recupera de uma lesão no braço. (Foto: Divulgação)

Série B: Fortaleza confirma negociação com Éderson; definição deve acontecer nesta quarta (18).

Clube também monitora situação do atacante Rafael Grampola, do Joinville.

18/07/2018

A diretoria do Fortaleza Esporte Clube segue se movimentando no mercado em busca de reforços para a continuação da campanha na Série B do Campeonato Brasileiro. O novo alvo do clube é o atacante cearense Éderson, de 29 anos, que está atuando no Kashiwa Reysol, do Japão. A informação foi confirmada pelo gerente de futebol do tricolor, Sérgio Papelin, em entrevista ao colunista José Maria Melo.

A definição sobre a chegada ou não do jogador acontece ainda hoje, tendo em vista que o atacante já recebeu uma proposta oficial. Éderson vem para suprir o setor mais carente do Leão na temporada: a posição de centroavante.

Com a lesão do artilheiro do Brasil Gustavo, que fraturou o braço no dia 23 de junho diante do Oeste e já passou por cirurgia, o técnico Ceni passou a contar apenas com Wilson como opção. O rendimento do time também ficou prejudicado após as saídas de Edinho (Atlético/MG), e Osvaldo, que partiu para o futebol tailandês, além da lesão do atacante Marcinho, que está em fase de recuperação.

“Nós temos uma carência grande de camisa nove depois que o Gustavo quebrou o braço. Fizemos uma proposta para o Éderson, atleta cearense que jogou no Atlético/PR, que é da Série A do futebol brasileiro. Esperamos que ele aceite porque nosso setor de ataque ficou prejudicado com a saída de jogadores que fazem muita falta e, o mais breve possível, queremos ter essa nova opção para o Rogério Ceni”, declarou o gerente de futebol do Leão.

Outros atletas também são monitorados e podem chegar no Pici em breve. É o caso do atacante Rafael Grampola, do Joinville. O jogador de 29 anos já marcou quatro gols na Série C deste ano, mas só vai ser liberado pelo clube de Santa Catarina após o fim da competição.

“A ideia é buscar alguém que esteja atuando. Tem muito jogador bom até na Série D, Série C, vamos esperar as competições nacionais acabarem. Tem clube brigando para classificar, outros brigando para não cair”, pontou Papelin.

Reforços imediatos

Para o próximo jogo do tricolor na Série B, disputado nesta sexta (20) contra o CSA, o técnico Rogério Ceni já vai poder contar com os recém contratados Getterson, atacante ex-Pohang Steelers da Coreia do Sul, e Nenê Bonilha, que chegou de empréstimo do Vitória de Setúbal, de Portugal.

A partida acontece às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Alagoas. O Fortaleza é o líder da competição com 29 pontos, apenas um a mais que o adversário alagoano, segundo colocado da Série B. O momento do Tricolor é de instabilidade na Segundona, a equipe perdeu quatro dos últimos seis jogos e busca a reabilitação para se manter no G4.



Total de acessos: 217968

Visitantes online: 5