Carregando...

Publicidade

Ceni também convocou a torcida a lotar a Arena Castelão na próxima terça-feira (24). (Foto: Thiago Gadelha)

3 Partidas Sem Marcar: Reconstruir setor ofensivo demanda tempo, defende Ceni após seca de gols do Fortaleza.

O treinador do Tricolor, porém, ressaltou que ele passou a contar com mais peças de reposição.

21/07/2018

Com o empate em 0 a 0 contra o CSA, o Fortaleza completou três partidas consecutivas sem a vitória e sem marcar gols na competição. Em entrevista após a partida, no estádio Rei Pelé, em Maceió, o treinador Rogério Ceni alegou que "demanda tempo" até reconstruir todo o setor ofensivo.

Ceni mais uma vez citou a contusão de Gustavo, artilheiro da equipe na temporada, além das saídas de Edinho e Osvaldo, para justificar a queda de rendimento no ataque. "O sistema mudou por inteiro no ataque. Com certeza o setor que nós vamos sofrer mais é o ataque", afirmou.

O treinador do Tricolor, porém, ressaltou que ele passou a contar com mais peças de reposição. "A gente começa a ter um pouquinho de opção. Porque até o jogo passado não tinha muita opção para trocar". Até que os novos contratados se encaixem no modelo de jogo do Fortaleza, segundo Ceni, é preciso tempo.

"Esperamos que a tendência seja o time melhorar. O Getterson vinha de 10 dias de pré-temporada. O Douglas veio com um nível abaixo da parte física para nós. O Bonilha também vinha de um tempo parado.Espero que, se esse time melhorar fisicamente, a gente possa também melhorar o nível de jogo e consequentemente fazer mais gols", completou.

Apoio da torcida

Ceni também convocou a torcida a lotar a Arena Castelão na próxima terça-feira (24), às 21h30, quando o Leão enfrenta o Avaí. "Agora têm muitos confrontos decisivos Que o torcedor possa estar presente. Dê apoio para esse time. É um time que não cansa de lutar. Um time que está tentando se reconstruir", destacou.

Contratações

Ao ser questionado sobre reforços, Rogério Ceni revelou que o Fortaleza está procurando outras opções de "camisa 9", além dos nomes de Ederson e Rafael Grampola, especulados na última semana. "Logicamente precisamos de 9 de origem", pontuou.



Total de acessos: 239702

Visitantes online: 2