Carregando...

Publicidade

O Ceará jogou em cima do Santos, criou bastante, mas não conseguiu vencer ontem. (Foto: JL Rosa)

Série A: Empate amargo.

Ceará faz sua melhor partida na Série A, cria muitas chances, mas é castigado no fim com gol de empate do Santos.

09/08/2018

O Ceará ficou muito próximo de conseguir sua terceira vitória seguida na Série A do Campeonato Brasileiro ao sair na frente do Santos ontem no PV, mas um gol aos 41 do 2º tempo impediu que a briosa equipe de Lisca comemorasse mais três pontos. O placar final de 1 a 1 foi um castigo para o Vozão, que fez uma boa partida, sua melhor na competição, criando pelo menos oito chances claras de gol, contra apenas duas do adversário. Por isso mesmo, a torcida alvinegra, embora frustrada com o empate, aplaudiu bastante a equipe ao fim da partida. Com o resultado após o jogo antecipado da 20ª rodada, o vozão chegou aos 15 pontos, assumindo a 18ª colocação, três pontos de sair do Z4. O Alvinegro volta a jogar pela Série A no sábado, 11, contra o Atlético/PR, às 16 horas no Presidente Vargas, pela 18ª rodada. Já a equipe santista, chegou aos 18 pontos e deixou o Z4, ocupando o 15º lugar.

Empolgado com os resultados recentes na Série A, duas vitórias seguidas, o Ceará fez um primeiro tempo excelente, dominando amplamente a etapa inicial. Mais uma vez seguro defensivamente e com boa movimentação no ataque, o Ceará criou muitas chances no 1º tempo. Logo com 4 minutos, Arthur arriscou de fora da área, Vanderlei deu rebote e Juninho Quixadá quase marcou. Aos 14, outra chance alvinegra, com Juninho Quixadá, acertando a trave de Vanderlei em lance de categoria.

Pressão

Depois da pressão inicial, o Ceará manteve a posse de bola, com trocas de passes seguras e uma atuação destacada de Arthur, infernizando a defesa santista. No primeiro lance dele, Arthur ajeitou para Calyson, mas o atacante não conseguiu finalizar.

Em seguida, aos 31 minutos, Arthur dominou, tirou a zaga santista e bateu para fora com perigo. Quatro minutos depois, o Arthur quase marca um golaço: de fora da área, o atacante arriscou e quase encobre Vanderlei, que se esticou para defender.

Depois de um grande volume de jogo, com 11 oportunidades de gol do Ceará e nenhuma santista no 1º tempo, a partida foi mais equilibrada na etapa final. Muito pelo cansaço de alguns jogadores do Vozão, como Juninho Quixadá. Ainda assim, o Ceará continuou melhor, embora o Santos já atacasse mais que o primeiro tempo. Na primeira chance do time praiano, aos 15 minutos, Bruno Henrique saiu de frente para Éverson, mas o goleiro alvinegro fez bela defesa, evitando o gol.

Com os jogadores alvinegros sentindo o cansaço, Lisca tirou Felipe Azevedo e Juninho Quixadá, lançando Leandro Carvalho e Ricardinho. Mas o Vovô continuou criando e Calyson perdeu dois gols incríveis, de frente para o goleiro, aos 21 e 30 minutos, para desespero da torcida.

Até que aos 32 minutos, finalmente o gol do Ceará saiu: Leandro Carvalho serviu Arthur, que bateu na saída de Vanderlei: 1 a 0 para o Vovô.

Mas a vantagem do Vozão não durou muito. Oito minuto depois, em bola cruzada na área, o goleiro Éverson escorregou e viu Jean Mota, marcar de peito aos 41 minutos.

O Ceará ainda tentou pressionar até os 50 minutos, mas a equipe não conseguiu mudar o placar, mais do que amargo pela grande exibição alvinegra.


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)


Total de acessos: 178693

Visitantes online: 16