Carregando...

Publicidade

Segundo a companhia, esta é a maior restituição recebida pela empresa em um único período. (Foto: Ag. Petrobras)

Dinheiro Desviado: Petrobras recebe R$ 1 bilhão recuperado pela Lava-Jato.

10/08/2018

Rio de Janeiro/Curitiba. A Petrobras informou, ontem, que recebeu R$1 bilhão (R$ 1.034.406.939,75) por meio de acordos de colaboração e leniência firmados pelo Ministério Público Federal (MPF), em Curitiba, e pela Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, no âmbito da Operação Lava-Jato.

Segundo a companhia, esta é a maior restituição recebida pela Petrobras em um único período.

Somada aos recursos já transferidos para a empresa desde o início da Lava-Jato, o montante chega a R$2,5 bilhões.

"A companhia, que é reconhecida pelas autoridades como vítima dos atos desvendados pela Operação, seguirá adotando as medidas cabíveis contra empresas e indivíduos que lhe causaram prejuízos. A Petrobras atua como coautora do Ministério Público Federal e da União em 16 ações de improbidade administrativa em andamento, além de ser assistente de acusação em 51 ações penais", informou.

Devolução

A força-tarefa da Lava-Jato e o MPF no Paraná registraram a devolução de R$ 1.034.406.939,75 aos cofres da Petrobras. Do valor total, R$ 259 mil foram depositados na conta judicial da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba e devem ser transferidos para a estatal nos próximos dias, e outros R$ 774.599.245,91 já foram depositados diretamente para a estatal. O dinheiro foi recuperado após o acordo de colaboração de Zwi Skornick, firmado pela força-tarefa em parceria com a Procuradoria Geral da República (PGR) no valor de R$ 87 milhões, além da parcela de R$ 687 mil do acordo de leniência da empresa Keppel Fels.

Cerca de R$44 milhões ainda estão retidos nas contas judiciais, e referem-se a parcelas de 16 acordos com pessoas físicas, de três acordos de leniência e da recuperação de recursos de um dos réus da operação.

Segundo o MPF, com mais este repasse, o total de recursos já transferidos para a Petrobras desde o início da operação atinge a quantia de R$ 2,5 bi. "Devoluções anteriores totalizavam R$ 1.475.586.737,77. A recuperação deste dinheiro é resultado de um trabalho técnico e esforçado, alavancado pela eficiência trazida pelos acordos de colaboração premiada e de leniência do MPF, em parceria com equipes da Polícia Federal e Receita Federal", afirmam.

Balanço

Segundo o MPF, já foram instaurados 2.476 procedimentos e também propostas nove ações de improbidade contra 50 pessoas, 16 empresas e 1 partido político. Ao longo da Lava-Jato, que já dura quatro anos, a força-tarefa no Paraná teve 52 fases deflagradas que resultaram no cumprimento de 962 mandados de buscas e apreensões, 227 mandados de conduções coercitivas, 115 mandados de prisões preventivas e 121 mandados de prisões temporárias.

Até o momento ocorreram 78 acusações criminais contra 319 pessoas na Justiça Federal do Paraná. De acordo com o Ministério Público Federal, são 204 condenações contra 134 pessoas.



Total de acessos: 216337

Visitantes online: 3