Carregando...

Publicidade

O time mineiro vai encarar na semifinal o vencedor da partida entre Palmeiras e Bahia. (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Após Pênaltis: No sufoco, Cruzeiro elimina Santos.

16/08/2018

O Santos conseguiu bater o Cruzeiro, no Mineirão, de virada, por 2 a 1, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, mas saiu com gosto de derrota de Belo Horizonte após falhar na cobrança de pênaltis e ser eliminado com derrota por 3 a 0.

O time mineiro vai encarar na semifinal o vencedor da partida entre Palmeiras e Bahia, que acontece nesta quinta, às 19h15, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. No jogo de ida, em Salvador, os clubes ficaram no empate sem gols.

Na decisão por pênaltis brilhou a estrela de Fábio. Ele pegou as cobranças de Bruno Henrique, Rodrygo e Jean Mota. Lucas Silva, Raniel, David converteram para o Cruzeiro.

Para conseguir levar o duelo para os pênaltis, a equipe da Vila Belmiro precisou quebrar um jejum de dez jogos sem triunfar. Antes de bater os cruzeirenses a equipe somava quatro derrotas e seis empates. A última vitória havia sido contra o Fluminense, pelo Brasileiro, no dia 13 de junho, antes da parada da competição para a Copa do Mundo.

Os primeiros minutos do duelo já trouxeram um problema ao técnico do Santos, Cuca. Logo aos 6 minutos, Luiz Felipe sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Gustavo Henrique.

A mudança trouxe um contratempo para o time da Vila Belmiro, já que o Cruzeiro passou a aproveitar o lado direito do ataque. Foi por este lado que se iniciou o gol mineiro, anotado por Thiago Neves, aos 11minutos. Quando corrigiu a marcação por aquele lado, o time comandado por Cuca conseguiu correr menos riscos e passou a ser pouco ameaçado.

Os paulistas conseguiram achar a igualdade, aos 41 minutos. Dodô serviu Gabriel, que chutou rasteiro no canto esquerdo do goleiro Fábio.

Aos 38 minutos, em bela jogada tramada pelo ataque visitante. Rodrygo recebeu passe de Gabriel na direita e cruzou para Bruno Henrique, de cabeça, mandar no ângulo direito de Fábio. No final, ainda houve confusão porque o árbitro Rodolpho Toski encerrou o jogo no meio de um contra-ataque do Santos. Gabriel partia livre em direção à área do Cruzeiro. Cuca chegou a invadir o gramado.



Total de acessos: 235395

Visitantes online: 9