Carregando...

Publicidade

Gustavo foi mais uma vez decisivo e garantiu a virada do Leão contra o LEC. (Foto: JL Rosa)

Fortaleza: Sem medo de ser feliz.

Vitória de virada reabilita o Tricolor, aumenta "gordura" para o 5º lugar e tranquiliza para sequência difícil.

27/08/2018

A partida do último sábado contra o Londrina, no Castelão, pela 23ª rodada da Série B, era considerada chave para o Fortaleza pela nuances da competição. Vindo de derrota para o CRB que diminuíra a vantagem no G4 para 8 pontos, o Tricolor de Aço buscava uma reabilitação visando uma sequência difícil de 3 jogos fora dos próximos quatro: contra Goiás (F), Figueirense (C), Criciúma (F) e Sampaio Corrêa (F).

E tudo deu certo para o Leão, que se reabilitou com uma vitória de virada - 2 a 1 - e ainda aumentou a distância dentro do G4 para 10 pontos, a mesma das conseguida na 21ª rodada, ou seja, abrindo a considerável distância para o 5º colocado, o Goiás, com 36.

Embora a torcida leonina esteja eufórica com mais uma vitória da equipe na Série B, que deixou o clube com 46 pontos e cada vez mais perto da elite do futebol nacional, os atletas destacam que ainda há muito a jogar para a conquista do objetivo.

"A vitória foi muito importante para nós. Abrimos 6 pontos do 2º colocado, 10 do 5º colocado, o que realmente importa. Estamos no caminho certo, mas precisamos manter os pés do chão, buscando as vitórias para o Fortaleza precisa na busca por nosso objetivo", declarou Éderson.

Seu companheiro de ataque, Gustavo, autor do gol da vitória no sábado, admite que a vantagem de pontos é boa, mas que o clube precisa pensar jogo a jogo.

"Juntos estamos conseguindo realizar um bom trabalho, degrau por degrau para conquistar objetivos. Temos que pensar jogo a jogo, pensar em um adversário de cada vez. A cada vitória ficamos mais perto, mas ainda faltam 15 rodadas. Só assim conseguiremos nosso objetivo. Estamos unidos, fortalecidos e agora é o Goiás pela frente", disse ele, lembrando do próximo compromisso do Fortaleza pela Série B, no sábado, às 19 horas, no estádio Olímpico, em Goiânia.

O treinador leonino, Rogério Ceni, destacou o poder de reação de sua equipe após sair atrás do placar contra o Londrina.

"Uma reabilitação após uma derrota injusta era muito importante. Foi a vitória da maturidade do time. Vamos pensando jogo a jogo", disse ele.



Total de acessos: 217222

Visitantes online: 29