Carregando...

Publicidade

(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Reta Final: Candidatos têm visitas como prioritárias.

Falta de tempo e, em alguns casos, de recursos tem norteado estratégias dos cinco postulantes ao Governo.

10/09/2018

A menos de um mês da votação do dia 7 de outubro, candidatos ao Governo do Ceará pretendem intensificar visitas a municípios do Interior e eleger temas centrais de seus programas para a propaganda eleitoral. Sem tempo - ou, em alguns casos, recursos - para percorrer todo o Estado, porém, uns priorizarão eventos que possam reunir eleitores de mais de uma cidade em um mesmo local, enquanto outros concentrarão ações na Capital. Por toda esta semana eles serão entrevistados pela TV Verdes Mares e pela TV Diário.

Segundo coordenadores das campanhas, o governador Camilo Santana (PT) à reeleição, vai priorizar os comícios regionais, enquanto o General Theophilo, do PSDB, dará ênfase a visitas a municípios com mais de 40 mil habitantes. Já os outros três candidatos, Ailton Lopes (PSOL), Hélio Góis (PSL) e Francisco Gonzaga (PSTU), devido a limitações financeiras, programam atuar principalmente em Fortaleza, embora possam realizar alguns eventos no Interior do Estado, até o fim da campanha.

De acordo com Nelson Martins, coordenador da campanha de Camilo Santana, o candidato terá agenda mais intensa a partir de agora. No entanto, devido ao trabalho como chefe do Executivo, ele não visitará todos os municípios que queria, e dará preferência a atividades regionais, abrangendo um público maior no Interior do Estado.

Na última quinta-feira, por exemplo, a campanha do governador realizou comício regional no Maciço do Baturité, com participação de prefeitos da região. Hoje, ele tem, no comitê central em Fortaleza, ato político que reunirá prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, lideranças e candidatos aliados. Segundo Nelson Martins, Camilo aproveita o tempo livre para trabalhar na campanha cedo da manhã, ao meio-dia e aos fins de semana. "Não foi cogitado qualquer possibilidade de se licenciar", ressaltou.

Coordenador político da campanha de General Theophilo, o ex-governador Lúcio Alcântara informou que o candidato dará ênfase, neste período, a visitar municípios com mais de 40 mil habitantes. "Temos que ter um equilíbrio, passando parte da semana na Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior. A prioridade são todos municípios acima de 40 mil pessoas e, tanto quanto possível, visitas a outros municípios", detalhou.

Ocupar espaços

Segundo ele, nas próximas visitas, o candidato vai à Região do Cariri. "A grande ênfase tem que ser na comunicação, nos programas eleitorais e debates. Temos também que preparar o candidato para os debates, gravar programas, o que requer muito tempo", citou. Lúcio Alcântara reconheceu que Theophilo "ainda é pouco conhecido", mas disse que "isso vai melhorar com a presença dele na televisão".

Ailton Lopes disse que manterá caminhadas e conversas com as pessoas nas ruas, para apresentar suas ideias "ocupando espaços". "A gente vai continuar indo a outros municípios, mas temos que dar certa prioridade à Capital", frisou. Hoje, ele participa de debate promovido pelo SindUECE, no Itaperi.

O socialista critica desigualdade entre as candidaturas, já que algumas são, como disse, "milionárias", e outras têm poucos recursos. Segundo informou, a prioridade de sua campanha é o combate à desigualdade.

Hélio Góis deve intensificar atividades de rua e presença na Internet, de acordo com assessoria. O candidato tem tido dificuldade financeira para tocar a campanha. O Diário do Nordeste entrou em contato com a assessoria de Francisco Gonzaga para buscar informações sobre atividades do último mês da campanha, mas não teve resposta até o fechamento desta matéria.



Total de acessos: 240286

Visitantes online: 1